Portal O Dia
  • Portal O Dia /
  • Polícia /
  • Agentes enfrentam motim na Penitenciária de Parnaíba usando "bombas juninas"

Agentes enfrentam motim na Penitenciária de Parnaíba usando "bombas juninas"

Os agentes penitenciários reclamam da falta de armamentos adequados

11/04/2012 08:40

Detentos da Penitenciária Mista Fontes Ibiapina, de Parnaíba, realizaram um princípio de motim na tarde desta terça-feira (10), durante uma revista de rotina. Os agentes penitenciários tiveram que enfrentar o tumulto usando "bombas juninas", fogos vendidos durante o período de São João.

O princípio de motim ocorreu na Coletiva 03, onde ficam os presos de alta periculosidade e todos os originários de Teresina. Em uma das celas, com 24 detentos, um deles se negou a executar o procedimento de rotina, que é abrir a boca e permitir a revista pessoal, e foi apoiado por mais quatro presos.

Durante a ação, os detentos batiam nas celas, xingavam e ameaçavam os agentes. Outros presos aproveitaram a confusão para adentrarem nas celas, também sem serem revistados.

Como os agentes que trabalham na Penitenciária Mista de Parnaíba não dispõem de armamento não letal, eles recorreram a "bombas juninas", até o reforço chegar. A Força Tática da Polícia Militar foi acionada, e a confusão, contida.

Os agentes encontraram, nesta cela, cerca de 20 trouxinhas de maconha, um celular e R$ 50,00 em cédulas de pequeno valor. Em vistoria na última segunda-feira (9), foram achados nesta mesma cela três celulares, com dois carregadores, um chip, algumas trouxinhas de maconha e um cachimbo para consumo de crack.

Depois de controlada a situação, os detentos que lideraram o princípio de motim foram separados e levados para a triagem. "Esta é a única forma que a penitenciária tem para punir os detentos. Lá os mesmos poderão ficar sem banho de sol e visitas por alguns dias", declarou um agente que pediu para não ser identificado.

Repórter: Com informaes do portal Proparnaiba

Deixe um comentário

Tópicos agentes penitenciários Penitenciária Mista de Parnaíba presos,

Veja também

há 10 horas
Equipes da Polícia Militar realizam diligência em busca dos dois suspeitos.
há 13 horas
Crime ocorreu em invasão na Taboca do Pau Ferrado. O padrasto, Lucas Roniel Pereira da Silva, já tem passagem pela polícia por assalto.
há 14 horas
Caio Henrique Santos da Silva, de 4 anos, morto pelo primo, de 14 anos.
há 14 horas
Criança estava acompanhada pelos pais e pelo irmão mais velho.