Portal O Dia

Uespi nega fechamento do curso de Medicina

Segundo a universidade, o curso tem autorização de funcionamento até 2014

11/05/2011 18:29

A Universidade Estadual do Piauí através do Centro de da Saúde (CCS), informa que o curso de Medicina está credenciado até 2014 pelo Conselho Estadual de Educação. Atualmente a graduação possui cerca de 280 alunos e 70 professores para suprir a necessidade dos alunos.

Em 2002, a UESPI tinha apenas sete professores efetivos. Hoje conta com 25 doutores, mais de 30 mestres com tese de doutorado já iniciada e uma média de 15 especialistas com tese de mestrado iniciada pela Pró - Reitoria de Pesquisa da instituição.

O Centro de Ciências da Saúde também conta com cerca de mais de 650 alunos nos cursos de Psicologia e Fisioterapia, ambos estão credenciado até 2014, somente o curso de Enfermagem e Educação Física irão passar por uma avaliação pelo conselho estadual de educação ainda este ano. O diferencial deste ano do Centro de Ciências da Saúde é que, pela segunda vez, o curso de Fisioterapia conseguiu a nota máxima "A" na avaliação do INEP, onde somente 5 cursos obtiveram esta nota em todo o Brasil.

Segundo o diretor do CCS, Ednaldo Gonçalves, "os cursos só não estão melhores por falta de profissionais no mercado de trabalho". Ele lembrou que no último concurso realizado em 2010 foram ofertadas vagas para área de hematologia e nenhum profissional compareceu.

Para o Reitor Carlos Alberto, a administração superior da UESPI está fazendo tudo o que é necessário para não deixar parar as unidades. "Problemas sei que temos, mais o que depender da administração superior será resolvido e com relação ao Governo do Estado do Piauí temos buscado parcerias para poder sanar problemas que hoje se encontram na UESPI", frisou.

Fonte: Ascom
Edição: Redao

Deixe um comentário

Tópicos CURSOS medicina piauí uespi,

Veja também

há 6 horas
Em frente ao Maxxi Atacado, a ventania fez um outdoor se desprender do chão e atingir um ônibus.
há 15 horas
4ª Vara do Trabalho de Teresina homologou acordo com o MPT.
há 18 horas
O Centro poderá receber até 70 mulheres, incluindo o espaço para mulheres grávidas e em período pós-parto, e funcionará no antigo CSU do bairro Buenos Aires, zona Norte de Teresina.
há 18 horas
Homens levaram celulares das vítimas e atiraram contra a parede a fim de evitar uma possível perseguição.