• VIP TAXI teresina
  • bbrock
  • assinatura jornal

Peixe-boi encalhado em Luís Correia irá para Itamaracá

Populares que encontraram o mamífero tentaram reintroduzi-lo no mar, mas ele voltou a encalhar um dia depois.

20/04/2017 13:28h

O peixe-boi que encalhou em Luís Correia no último dia 15 de abril e que foi avistado por turistas na praia de Atalaia foi transportado para Itamaracá (PE) nesta quinta-feira, dia 20, onde receberá os cuidados necessários no Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Aquáticos (CMA/ICMBio). A informação foi confirmada pelo Projeto Pesca Solidária, que atua na recuperação e conservação de espécies nos ambientes costeiros, marinhos e de água doce dos estuários dos rios Timonha e Ubatuba, na divisa dos estados do Piauí e Ceará. 
Peixe-boi foi levado para Itamaracá, em Pernambuco (Fotos: Chico Rasta)

Os turistas que encontraram o mamífero tentaram reintroduzi-lo no mar, mas a equipe do Projeto Pesca Solidária foi acionada novamente no dia 16, quando ocorreu novo encalhe do mesmo peixe-boi. Trata-se de um filhote ainda com cordão umbilical, fêmea, medindo 1,28 m, pesando cerca de 50 kg, com menos de um mês de idade.

“Neste estágio de vida o peixe-boi necessita de cuidados bastante específicos e especializados pois em ambiente natural ele estaria aos cuidados da mãe até completar os dois anos de idade. É um mamífero, então a alimentação dele seria o leite materno, mas infelizmente ele deve ter se desprendido da mãe e por causa da sua inexperiência não conseguiu sobreviver ao mar”, informa Liliana Souza, bióloga responsável pelas pesquisas com o peixe-boi marinho no Pesca Solidária.

O transporte do mamífero para Pernambuco está sendo uma ação conjunta da Comissão Ilha Ativa, através do projeto Pesca Solidária, Base Peixe-boi, ICMBio, Apa Delta do Parnaíba, Cepene, Governo do Estado, Aquasis e com o apoio do deputado estadual Dr. Hélio.

O voo com o mamífero estava previsto para partir na manhã desta quinta-feira do Aeroporto João Silva Filho, em Parnaiba.

Informações do Projeto Pesca Solidária

Por: Cícero Portela

Deixe seu comentário