Portal O Dia
  • Portal O Dia /
  • Piauí /
  • Explosão em estação da Agespisa deixará 80% de Teresina sem água

Explosão em estação da Agespisa deixará 80% de Teresina sem água

A orientação do presidente da empresa é de que a população faça o racionamento da água

17/10/2012 09:20

Pelo menos 80% de Teresina será atingida com a falta de água nos próximos dias. A explosão do sistema elétrico da Estação de Tratamento de Água (ETA) da Agespisa, localizada na zona sul de Teresina, às margens do rio Parnaíba, deixará cerca de 700 mil pessoas sem abastecimento. Por conta disso, a principal orientação da Agespisa é de que as pessoas façam o racionamento da água.

"É um problema de calamidade pública, nós não temos ideia ainda do prejuízo sofrido. Então orientamos que as pessoas economizem a água a partir de agora", orientou o presidente da Agespisa, Raimundo Neto. Segundo ele, não há bairros mais ou menos afetados pelo problema, pois o problema está atingido praticamente toda a cidade.

O presidente diz ainda que a situação não possui precedentes em Teresina e que medidas alternativas de abastecimento estão sendo tomadas. Carros e caminhões-pipa estão sendo convocados para que a água chegue a locais prioritários, como hospitais, entidades e escolas da capital.

De acordo com Raimundo Neto, a previsão é de que pelo menos até o fim da tarde de hoje (17) um dos geradores do local seja reativado e a ETA possa atingir 50% da produção normal, que é de 235 milhões de litros de água diários.
Dentro de dois dias é possível que a reparação do problema seja iniciada e a produção total de água seja restabelecida.

Fotos: Assis Fernandes/O DIA.

Origem do problema

De acordo com a Agespisa, o sistema elétrico que fornece energia à ETA da zona Sul de Teresina, pertencente à Eletrobras/Chesf, funciona com uma alta tensão elétrica. Na noite de ontem (16), devido a repetidas oscilações de energia, a estação ficou sobrecarregada e uma descarga de alta tensão aconteceu no local, provocando um curto-circuito devido ao super aquecimento e, em seguida, incêndio na fiação.

Com o fogo, um dos dois geradores de energia existentes no local explodiu, provocando a paralisação de toda a produção de água tratada da capital.

A informação é de que a Agespisa tentará, incialmente, substituir o fornecimento elétrico por um sistema antigo, que existe desde a fundação da empresa, há cerca de 30 anos. Com isso, é possível que até a tarde de hoje cerca de 50% da produção de água seja restabelecida.

Além da ETA da zona Sul, há ainda outras duas estações e mais 60 postos em Teresina, concentrados principalmente na região da Santa Maria da Codipi e que, juntos, podem fazer com que a produção chegue a 250 milhões de litros de água por dia.

Eletrobras diz que problema foi setorizado

De acordo com a assessoria da Eletrobras/PI, o problema que causou o curto-circuito a explosão na Estação de Tratamento da Agespisa foi completamente setorizado e não tem como causa o fornecimento de energia da Eletrobras. Segundo a empresa, ainda não há uma causa definida para a explosão e a interrupção do tratamento da água, mas o problema foi localizado.

No momento, em toda a região sul da capital, apenas a ETA está com o fornecimento de energia elétrica suspenso para que, em conjunto, técnicos da Agespisa e da Eletrobras, deslocados até a estação, possam solucionar o problema. A informação é de que até as 14 horas de hoje, se as correções acontecerem dentro do esperado, o fornecimento elétrico retorne ao local.

Leia mais

Explosão em estação da Agespisa assusta moradores e deixa Teresina sem água

Por: Katylenin Frana e Maria Romero

Deixe um comentário

Tópicos água explosão agespisa falta eta estão tratamento teresina,

Veja também

há 4 horas
Em Miguel Alves, município com pouco mais de 32 mil habitantes, quatro médicos estrangeiros fazem o atendimento na zona urbana e rural
há 5 horas
Advogado avalia que a legislação contribui para uma sociedade mais igualitária e que o reconhecimento da união estável foi apenas o primeiro passo.
há 5 horas
João Vicente Claudino faz críticas à direção nacional do partido.
há 20 horas
Solenidade de posse contou com a participação dos membros do Conselho Superior, promotores, procuradores de justiça, familiares.