• elshallon
  • Unimed
  • assinatura jornal

De dentro do presídio, detento pede o Código Penal e quer cursar Direito

Não foi possível saber de qual presídio o detento enviou a mensagem. Em junho, o Portal O DIA recebeu SMS de um preso da Irmão Guido

15/07/2017 14:18h - Atualizado em 15/07/2017 14:31h

Está enganado quem pensa que os detentos do Piauí querem permanecer cometendo crimes. Neste sábado, o Portal O DIA recebeu mais uma mensagem enviada de dentro de um presídio e, dessa vez, não eram denúncias de maus tratos. O detento pediu a doação de um exemplar do Código Penal.

A mensagem foi enviada pelo Whatsapp. “Estou estudando alguns livros e gostaria de pedir a você ou a alguém que possa me doar um exemplar 2017 do Código Penal Brasileiro Processual. Ficaria grato, pois pretendo cursar Direito e lançar um livro”, disse o detento, sem se identificar.

Não foi possível saber de qual unidade prisional o detento estava enviando a mensagem. No mês de junho, o Portal O DIA recebeu SMS de um preso da Penitenciária Irmão Guido, mas ele informou que não tinha acesso à internet.

Naquela ocasião, o detento usou a falha na segurança do presídio para pedir ajuda e denunciar os maus tratos ocorridos dentro do sistema prisional, contando episódios de violação dos direitos humanos.

Revisão Pré-Enem

Na manhã deste sábado, 126 detentos participaram da primeira revisão Pré-Enem para Pessoas Privadas de Liberdade neste ano, que aconteceu no ginásio da Casa de Custódia de Teresina. A atividade é promovida desde 2015 pelas secretarias de Justiça e de Educação.

Participaram da revisão professores da rede pública estadual de ensino, abordando e discutindo questões nas disciplinas Linguagens, Biologia, Química, Matemática, Física e Redação.

Segundo Jussyara Valente, coordenadora de Ensino Prisional da Sejus, a iniciativa reforça o ensino nos presídios. “Assim, podemos contemplar a reeducação, de fato, dessas pessoas, que estão privadas de liberdade, mas buscam oportunidades para mudar de vida", pontua

Manoelito dos Santos, detento da Penitenciária Irmão Guido, sempre participa das revisões e presta o Exame Nacional do Ensino Médio. No ano passado ele fez 800 pontos na Redação do Enem. "Nós ficamos satisfeitos com essa oportunidade", diz.

A revisão contou com detentos da Irmão Guido, Feminina de Teresina, Colônia Agrícola Major César, Casa de Detenção de Altos e da própria Casa de Custódia.

Por: Nayara Felizardo

Deixe seu comentário