• bbrock
  • Jovens escritores 2017
  • assinatura jornal

Cresce a procura por rastreadores de veículos em Teresina

O rastreador é um equipamento pequeno que possibilita o monitoramento do veículo em tempo real.

17/02/2016 07:38h

“Um investimento que vale a pena”. É assim que o auxiliar administrativo, Eliesson Cardoso, de 26 anos, define o valor pago por ele mensalmente por um serviço de rastreamento de sua motocicleta. Ele é um dos milhares de proprietários de veículos em Teresina que optaram por adquirir o equipamento.

O motivo é unânime: o medo de assaltos e furtos. De acordo com dados do Núcleo de Estatística da Secretária de Segurança Pública, no último mês de janeiro, 239 veículos foram roubados na Capital. Os índices, ainda elevados, motivam cada vez mais a compra de rastreadores veiculares, que auxiliam na localização dos veículos após os roubos.

“Optei em colocar o rastreador na minha moto, devido ao índice de criminalidade, roubo e assalto, ser um absurdo em nossa Capital. Isso não evita, mas facilita muito, pois caso o veículo seja roubado, a pessoa tem como saber com facilidade onde se encontra”, pontua Eliesson Cardoso.

O número de rastreadores instalados em veículos em Teresina nunca foi tão alto como nos últimos seis meses. De acordo com o gerente de uma empresa de segurança que atua na Capital, Edilson Viana, a procura pelo equipamento aumentou mais de 40%. O serviço que, anteriormente, era utilizado apenas por grandes empresas de logística, agora é cada vez mais popular entre os proprietários de veículos domiciliares, como carros de passeio e motos.

O rastreador é um equipamento pequeno, instalado de forma discreta no veículo, e que possibilita o monitoramento em tempo real. “Ele é instalado em um compartimento inerte, difícil de ser detectado. Através de GPS, o veículo é monitorado em tempo real por uma central”, explica Edilson.

O investimento inicial para adquirir um rastreador é de R$ 150; além disso, o dono do veículo paga uma mensalidade de cerca de R$ 70, que garante o monitoramento em tempo integral, além do auxílio em casos de roubos e furtos.

“Ao ser vítima de um roubo, o proprietário entra em contato conosco para darmos início ao procedimento de localização. Acionamos a Polícia e repassamos a exata localização. Além disso, ainda existe a possibilidade de bloquear completamente o funcionamento do veículo”, explica.

Segundo Edilson Viana, em 99% dos casos, os veículos equipados com rastreadores são recuperados após assaltos e furtos. “Sem dúvidas, é um investimento que vale a pena. No último fim de semana, recuperamos quatro veículos”, conta.


Por: Natanael Souza - Jornal O DIA

Deixe seu comentário