• assinatura jornal

Carros são arrastados pela correnteza durante chuva em Teresina

A Avenida Pedro Almeida ficou debaixo d’água e bombeiros chegaram a receber 10 chamados em menos de uma hora.

17/02/2017 09:21h

Mais uma vez a forte chuva que caiu em Teresina causou transtornos à população. Coma a falta de galerias e espaços por onde a água escoar, ruas e avenidas da Capital ficaram completamente alagadas e o trânsito ficou complicado, por conta da queda de árvores, impedindo a passagem de veículos nas principais vias.

O caso mais crítico foi observado na Rua Pedro Almeida, bairro São Cristóvão, onde o nível da água subiu tanto que chegava a cobrir os veículos na altura do para-brisa. Um carro chegou a ser arrastado pela correnteza por cerca de um quarteirão e vários veículos ficaram à deriva no meio da rua alagada. Moradores tiveram que colocar placas de metal nos portões para impedir que a água invadisse as residências.

Nas avenidas onde não houve registro de alagamento, o trânsito ficou complicado do mesmo jeito, mas por conta da queda de árvores, interrompendo parcial ou totalmente a passagens dos veículos. Em menos de uma hora, o Comando de Socorro do Corpo de Bombeiros chegou a receber 10 chamados quase simultâneos para retirar galhos e troncos do meio das vias, principalmente na zona Leste de Teresina.

Na avenida João XXIII, por exemplo, foram registradas quedas de árvores no balão do São Cristóvão, próximo ao Afrodite Motel e à Casa do Peixe, e na Ladeira do Uruguai. A BR-343, na saída de Teresina, chegou a ficar 100% interditada uma parte da noite, mas foi liberada pelo Corpo de Bombeiros sem mais problemas.

Veja o vídeo



Por: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário