Portal O Dia
  • Portal O Dia /
  • Piauí /
  • Consumidor já pode bloquear ligações de telemarketing em telefone fixo e celular

Consumidor já pode bloquear ligações de telemarketing em telefone fixo e celular

As empresas de telemarketing terão um ícone para se cadastrar e consultar os números dos consumidores que não desejam receber ligações

27/03/2009 18:18

Começou a funcionar nesta sexta-feira (27), o serviço que permite que o consumidor bloqueie serviços de telemarketing por telefone. Oferecido pela Fundação Procon-SP, o serviço funciona por meio de cadastro de telefones fixos ou celulares do Estado de São Paulo.

Após 30 dias da inscrição, as empresas ficam proibidas de ligar, a não ser que tenham autorização por escrito. As fichas de inscrição para o cadastro de bloqueio e o padrão para a autorização das empresas estão disponíveis no site do Procon.

“A legislação fortalece o poder de escolha do consumidor. Quem não deseja receber ofertas de produtos e serviços agora passa a ter a opção de não ser incomodado em seus telefones. Já quem gosta não precisa fazer o cadastro”, afirma o diretor-executivo da Fundação Procon-SP, Roberto Pfeiffer.

O consumidor, que pode ser pessoa física ou jurídica, pode bloquear ou desbloquear linhas telefônicas, e registrar reclamação contra alguma empresa que tenha desrespeitado o bloqueio.

As empresas de telemarketing terão um ícone para se cadastrar e consultar os números dos consumidores que não desejam receber ligações – os demais dados serão mantidos sob sigilo. As empresas de outros estados também ficam proibidas de efetuar ligações para os números bloqueados.
Fonte: G1
Edição: Portal O Dia
Repórter: Portal O Dia

Deixe um comentário

Tópicos

Veja também

há 5 horas
Nenhum dos envolvidos sofreu ferimentos graves; Strans faz acompanhamento do trânsito
há 8 horas
Ela iria visitar seu companheiro, que cumpre pena na Casa de Custória.
há 11 horas
A menina estava em um quarto abandonado em Teresina e já sente as dores do parto.
há 13 horas
O paciente foi levado por ambulância do SAMU e não portava nenhum documento de identificação.