Portal O Dia

Assistente teria envenenado Gabriela Spanic por ciúme

O ciúme pode ser uma das causas que levou a argentina Marcia Celeste Fernández Babio a envenenar a atriz Gabriela Elena Spanic Utrea, segundo especulações levantadas pela imprensa local.

26/08/2010 17:26

O ciúme pode ser uma das causas que levou a argentina Marcia Celeste Fernández Babio a envenenar a atriz Gabriela Elena Spanic Utrea, segundo especulações levantadas pela imprensa local. Segundo o site de celebridades mexicano El Brasero, a assistente estava apaixonada por Gabriela, conhecida como Gaby Spanic.

A atriz, que foi protagonista da novela A Usurpadora como a personagem Paola Bracho, é muito popular no México.

Sem citar fonte, o site mexicano afirma que Maria Celeste ficou furiosa quando a atriz disse que a queria apenas como amiga e resolveu se vingar. E que o envenenamento tinha como objetivo tornar Gabriela mais dependente de seus serviços.

A assistente envenenava a famosa havia quatro meses e confessou o ato após a descoberta de ampolas de sulfato de amônia em seu quarto e também com ela. A mulher foi presa e a atriz já voltou ao trabalho.

Marcia Celeste foi presa logo após voltar da Argentina, onde visitava parentes, para o México.

Gabriela, que nasceu na Venezuela, disse que ela mesma contratou Marcia Celeste como assistente pessoal em janeiro deste ano. A nova funcionária se mudou para a casa da atriz e desde abril Gabriela, sua mãe, seu filho e a babá da criança começaram a apresentar sintomas como tontura, vômito, dor de cabeça e abdominal e fraqueza.

No início de agosto, Marcia Celeste pediu permissão para passar alguns dias na Argentina. Então, como os sintomas estranhos continuavam, Gabriela procurou ajuda médica. Ela descobriu, devido a exames pedidos por um especialista, que todos apresentavam altas concentrações de amônia no sangue. O envenenamento, a longo prazo, poderia levar à morte.

Gabriela comentou a descoberta com a família, que notou que a única que não estava doente era Marcia Celeste, de acordo com o Jornada. A atriz ainda disse que há tempos a empregada não comia nem bebia nada na casa. E, quando lhe perguntavam a razão do comportamento, ela respondia que já havia comido.

A polícia foi acionada e, no quarto da funcionária, foram encontradas duas ampolas, de sulfato de amônia. Ao voltar da Argentina, a mulher foi detida e em seu bolso havia mais duas ampolas com a substância.
Fonte: R7
Edição: Portal O Dia
Por: Portal O Dia

Deixe um comentário

Tópicos

Veja também