• click
  • Unimed
  • assinatura jornal

Bovespa tem alta nesta sexta após maior queda desde 2008

Na véspera, índice da bolsa recuou 8,8%, aos 61.597 pontos; Bovespa perdeu R$ 219 bilhões em valor de mercado.

19/05/2017 15:14h

O principal indicador da bolsa brasileira opera em alta nos primeiros negócios desta sexta-feira (19), em um movimento de ajuste, após o pânico dos mercados na véspera que fez a Bovespa fechar na maior queda em quase 9 anos, reagindo à delação da JBS envolvendo o presidente Michel Temer.

Às 14h53, o Ibovespa subia 1,58%, aos 62.571 pontos, após ter perdido 8,8% na quinta-feira. 

(Foto: G1 )

Perto do mesmo horário, as ações da preferenciais da Vale subiam ao mais de 1% e as ordinárias, mais de 2%; Petrobras avançava mais de 3% nas preferenciais e quase 2% nas ordinárias.

Os papéis do Banco do Brasil mostravam forte recuperação, subindo em torno de 3%, após terem desvalorizado quase 20% na sessão anterior. Itaú Unibanco e Bradesco, com forte peso no Ibovespa, subiam cerca de 3%.

Movimento de correção

O movimento de alta é natural diante da forte perda na sessão anterior, e indica a realização de lucros dos investidores, comenta o sócio-diretor da consultoria Mesa Corporate, Luiz Marcatti. Contudo, o desempenho dos mercados ainda está condicionado a possíveis reviravoltas políticas e fatos capazes de adiar ou inviabilizar as reformas do governo em andamento no Congresso.

Teremos um ambiente ainda nebuloso nos próximos dias e isso sempre traz volatilidade

“O clima de incerteza ainda é muito grande. Teremos um ambiente ainda nebuloso nos próximos dias e isso sempre traz volatilidade, causando insegurança”, avalia Marcatti, acrescentando não ser possível prever uma tendência para os próximos dias.

Papéis no exterior

Nesta manhã, os recibos de ações (ADRs) da Vale e Petrobras negociados no exterior operavam em forte alta, após recuarem na véspera. Os títulos são negociados de forma limitada no pré-mercado, ou seja, antes da abertura do pregão regular, e indicam a tendência para o dia.

Véspera

O Ibovespa, principal indicador da bolsa, caiu 8,8%, a 61.597 pontos na véspera, Foi a maior queda de fechamento desde o dia 22 de outubro de 2008, quando a bolsa caiu 10,18%, reagindo à crise financeira internacional, segundo a provedora de informações financeiras Economatica. Veja as maiores quedas da Bovespa na quinta-feira

Os negócios ficaram parados por 30 minutos pelo circuit breaker após o índice recuar mais de 10% pela manhã. A última vez que o circuit breaker havia sido acionado no Brasil foi no dia 22 de outubro de 2008, quando a bolsa caiu 10,18%, reagindo à crise financeira internacional. Relembre momentos de pânico na bolsa

Perda de R$ 219 bilhões

A Bovespa perdeu R$ 219 bilhões em valor de mercado nesta quinta-feira (18), segundo levantamento feito pela Economatica. Com a forte queda, o valor das empresas listadas na bolsa voltou ao nível de janeiro.

Fonte: G1

Deixe seu comentário