Portal O Dia
  • Portal O Dia /
  • Economia /
  • Analistas voltam a reduzir projeções para inflação e crescimento da economia este ano

Analistas voltam a reduzir projeções para inflação e crescimento da economia este ano

Analistas voltam a reduzir projeções para inflação e crescimento da economia este ano

02/07/2012 09:20

Brasília - A expectativa do mercado financeiro para a inflação este ano continua em queda. Segundo pesquisa feita pelo Banco Central (BC) com analistas de instituições financeiras, a projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) caiu pela sétima vez seguida, ao passar de 4,95% para 4,93%. Para 2013, foi mantida a estimativa de 5,5%.

As projeções para os dois anos estão acima do centro da meta de 4,5%, mas abaixo do limite superior de 6,5%.

A crise econômica internacional tem levado os analistas a reduzir também as estimativas para o crescimento da economia brasileira. A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, caiu pela oitava semana seguida, ao passar de 2,18% para 2,05%.

Esse estimativa é menor do que a do BC, revisada na semana passada de 3,5% para 2,5%. Já o Ministério da Fazenda mantém a expectativa de que a economia crescerá, este ano, acima da expansão de 2,7% registrada no ano passado. Para 2013, a projeção dos analistas do mercado financeiro é que o PIB cresça 4,2%.

Com atividade econômica em ritmo mais fraco, a expectativa é que a taxa básica de juros, a Selic, usada para estimular a economia, chegue ao final de 2012 em 7,5% ao ano. Atualmente a Selic está em 8,5%, o menor nível desde que a atual política monetária foi adotada, no início de 1999. Para 2013, no entanto, a previsão dos analistas é que a Selic volte a subir e chegue ao final do período em 9% ao ano.

Edição: Juliana Andrade

Fonte: Agência Brasil

Deixe um comentário

Tópicos

Veja também

há 12 horas
Piauiense dá exemplo de como reduzir conta de luz retirando da tomada os equipamentos que não estão sendo utilizados.
há 1 dia
Soma das riquezas produzidas no ano passado chegou a R$ 5,52 trilhões. Em relação ao terceiro trimestre, PIB avançou 0,3%.
há 2 dias
Ao todo, serão contemplados 100.368 contribuintes, que receberão R$ 240 milhões.
há 5 dias
O mesmo vai acontecer com os salgadinhos, tortas, sanduíches, pães sofisticados e bolos.