Portal O Dia

Programa do Ministério da Saúde viabiliza academias populares

Centros devem ser criados pelas Secretarias de Saúde do Distrito Federal e dos municípios

30/04/2011 17:37

O Ministério da Saúde publicou no último dia 7 de abril a portaria nº 719 que trata da implantação do Programa Academia da Saúde por meio do Sistema Único de Saúde. Os centros devem ser criados pelas Secretarias de Saúde do Distrito Federal e dos municípios, com o apoio técnico das Secretarias Estaduais de Saúde e do Ministério da Saúde.

O objetivo do programa é contribuir para a promoção da saúde da população a partir da implantação de pólos com infraestrutura, equipamentos e quadro de pessoal qualificado para a orientação de práticas corporais e atividade física e de lazer e modos de vida saudáveis.

Os recursos destinados serão provenientes de recursos próprios da União destinados a programas governamentais que impliquem em construção de infraestrutura para as atividades. Pode-se obter os recursos pelo próprio Ministério da Saúde e por emendas parlamentares.

Em Teresina, o vereador Dr. Pessoa (PDT) possui projeto de lei que visa a instalação de academias populares para terceira idade. O parlamentar acredita que com a disponibilização de recursos pelo Ministério da Saúde para implantação dessas Academias de Saúde, a Prefeitura de Teresina terá mais condições de beneficiar os idosos e a população em geral.

O vereador Dr. Pessoa informou que cerca de 10% da população de Teresina pertence à terceira idade, motivo pelo qual a proposta deve receber atenção e investimento pela Prefeitura para ser implementada.

"Com as academias populares, os idosos podem reduzir o risco de desenvolver doenças cardíacas, obesidade, altos índices de diabetes e colesterol, reduz o estresse, diminui as fraturas ósseas, melhora a qualidade do sono, coordenação motora e a convivência social", destacou o parlamentar que é médico.

Ele disse que vai trabalhar junto à Prefeitura para viabilizar um projeto a ser levado para o Ministério da Saúde. Os Municípios podem formalizar parcerias com empresas privadas para construção de pólos do Programa Academia da Saúde, desde que não haja exigência de contrapartida do poder público e que os pólos sejam implantados em espaços exclusivamente públicos.

Deixe um comentário

Tópicos academias populares,

Veja também

há 11 horas
Reportagem da revista diz que Lula e Dilma sabiam de desvios na Petrobras. Para Dilma, revista faz 'terrorismo'. TSE suspendeu propaganda da ‘Veja’.
há 2 dias
Vítima depositou R$ 8 mil em conta e parcelou outros R$ 10 mil.
há 3 dias
O cálculo médio leva em consideração todas as distribuidoras do país.
há 3 dias
Greve foi suspensa após reunião da Fenapef com a Casa Civil a Secretaria de Relações Institucionais.