Portal O Dia
  • Portal O Dia /
  • Brasil /
  • Policial espirra spray de pimenta em criança em manifestação no Rio

Policial espirra spray de pimenta em criança em manifestação no Rio

Os manifestantes seguiram para a porta da prefeitura depois de cerca de 3 mil moradores

27/03/2011 16:33

Cerca de 400 pessoas fizeram um protesto na tarde da última quarta-feira em frente à prefeitura de Niterói, na Rua Visconde de Sepetiba, no Centro, contra a falta de pagamento do aluguel social para desabrigados das chuvas de 2010 na cidade. De acordo com os manifestantes, há pelo menos cinco meses o benefício não é pago. A prefeitura de Niterói informou, por meio de nota, que houve um problema técnico com a lista dos beneficiários do Aluguel Social e o pagamento, que deveria ter sido feito nesta quarta, será realizado na quinta e na sexta-feira.

Os manifestantes seguiram para a porta da prefeitura depois de cerca de 3 mil moradores, vários deles vítimas da tragédia do Morro do Bumba, em abril de 2010, terem saído de mãos vazias da quadra da Unidos do Viradouro, no bairro do Barreto, onde deveriam receber R$ 400 referentes ao aluguel social. No entanto, o pagamento não foi feito. Os moradores dizem que vários deles já foram despejados e que a prefeitura não dá prazos para regularizar a situação.

Os manifestantes seguiram para a porta da prefeitura depois de cerca de 3 mil moradores, vários deles vítimas da tragédia do Morro do Bumba, em abril de 2010, terem saído de mãos vazias da quadra da Unidos do Viradouro, no bairro do Barreto, onde deveriam receber R$ 400 referentes ao aluguel social. No entanto, o pagamento não foi feito. Os moradores dizem que vários deles já foram despejados e que a prefeitura não dá prazos para regularizar a situação.Um grande efetivo do 12º BPM (Niterói) foi deslocado para a manifestação. Pelo menos 80 policiais militares estariam no local. A Rua Visconde de Sepetiba foi fechada para o trânsito. O clima é tenso, e os moradores, carregando cartazes e faixas, alegam não ter para aonde ir.

O Aluguel Social será pago às pessoas cujos nomes começam pelas letras de A a H será efetuado na quinta-feira, junto com os nomes que começam com as letras de I a M. Na sexta-feira, o benefício será pago às pessoas com nomes que começam pelas letras de N a Z. Esta é a nona e última parcela referente ao primeiro convênio firmado com o governo do Estado para dar auxílio às pessoas que perderam suas casas nas chuvas de abril. O pagamento será feito na quadra da escola de samba Unidos do Viradouro, das 10h às 16h.

Serão feitos 2.386 pagamentos às famílias que estão quites com a documentação exigida. É necessário apresentar carteira de identidade, CPF, auto de constatação e comprovante de residência para receber o benefício de R$ 400. Devido a pendências na documentação - a maioria deve comprovante de residência -, 814 famílias não vão receber o Aluguel Social. Elas serão chamadas na próxima semana para serem recadastradas pelo município e pelo governo do Estado. Regularizando as situações, elas estarão aptas a receberem no próximo pagamento as parcelas pendentes.

Fonte: Extra.globo.com

Deixe um comentário

Tópicos crianaça manifestação pimenta rio spray,

Veja também

há 12 horas
Proposta de Onyx Lorenzoni muda o ECA e estabelece como prioridade denúncias feitas por crianças.
há 23 horas
A presidente Dilma terá a chance de apresentar o marco regulatório no Net Mundial.
há 1 dia
Homens entraram em garagem; ataque ocorreu em represália a uma morte.
há 2 dias
Amigos, colegas, professores prestaram homenagem em Três Passos.