• assinatura jornal

Projeto para combater a violência urbana é apresentado à Prefeitura de União

O Compaz é um projeto de referência que combate a violência urbana em Recife

15/02/2017 09:04h - Atualizado em 15/02/2017 09:10h

Para demonstrar experiências positivas no combate à violência, o Secretário de Segurança Urbana de Recife (PE), Murilo Cavalcanti, esteve em União na noite desta terça-feira. Na ocasião, ele palestrou para a equipe da Prefeitura Municipal, vereadores, policia local e para a população em geral sobre o projeto COMPAZ – Centro Comunitário da Paz, que é desenvolvido na capital pernambucana. O evento foi realizado no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de União.

Murilo Cavalcanti é estudioso do modelo de diminuição da violência nas cidades de Bogotá e Medellín, na Colômbia, é um dos idealizadores do Projeto Centro Comunitário da Paz (Compaz), que se utiliza de ações integradas que envolvem várias áreas do poder público, com enfoque na diminuição e prevenção da violência.

Em sua palestra, Murilo mostrou exemplos exitosos nas cidades colombianas e em Recife. O estudioso também parabenizou a atitude do prefeito Dr. Paulo Henrique, que foi ainda no ano passado conhecer de perto o projeto. “Fico muito feliz em sair do Pernambuco e vir aqui conversar com a comunidade, vejo que o senhor é um homem de bem que quer melhorar a vida das pessoas e ajudar o trabalho da polícia, que está aqui presente”, disse.

Murilo também destacou a importância de um trabalho preventivo aliado à segurança local, a educação e ao poder público. “É importante saber que não somos responsáveis diretos pela segurança pública, mas através de um projeto como este podemos dar a nossa contribuição, com ações educativas que direcionem os jovens para o bem. É preciso ter um olhar diferente para estes jovens, oferecendo cursos profissionalizantes, estando mais perto deles...”, explicou.

O prefeito Dr. Paulo Henrique também falou aos presentes sobre as metas da gestão. “Temos que fazer um trabalho junto com o povo, nos bairros, nas comunidades... Tudo que se faz tem que ser de maneira democrática, ouvindo a população. Estamos aqui para resolver, iremos trabalhar estes quatro anos respeitando a população”, destacou.

O projeto

O projeto funciona em um espaço de cidadania, que oferece diversos atendimentos e atividades esportivas e tem o objetivo de garantir inclusão social e fortalecimento comunitário. A ideia é aproximar os jovens que perderam interesse por esses espaços, por meio de atividades lúdicas nas comunidades nas quais pertencem.

Fotos: Ossian Melo

Fonte: Ascom

Deixe seu comentário