• VIP TAXI teresina
  • bbrock
  • assinatura jornal

Notícias Prata do Piauí

05 de março de 2011

João Vicente Claudino vai relatar MP sobre sigilo fiscal no Senado

A MP trata da cópia ou extração de dados protegidos

O senador João Vicente Claudino (PTB-PI) vai ser o relator da MP (medida provisória) que prevê punições mais rigorosas para os servidores que cometerem qualquer tipo de irregularidade relacionada à invasão de dados fiscais sigilosos.

A MP foi lida na quinta-feira no plenário do Senado. Claudino afirmou que está examinando a matéria e deve apresentar em breve seu relatório.

A Câmara aprovou na terça-feira a medida provisória, que é uma reposta à quebra de sigilo de pessoas ligadas ao PSDB, incluindo o vice-presidente do partido, Eduardo Jorge, revelada pela Folha durante a última campanha presidencial.

Veronica Serra, filha do então candidato à presidência, José Serra, também teve seu sigilo quebrado.

No relatório, o deputado Fernando Ferro (PT-PE) acatou sugestão do DEM, sujeitando às novas regras o superior hierárquico --o texto original do governo só citava o servidor.

Ele retirou do texto a exigência de que o cidadão apresentasse procuração (lavrada em cartório) para permitir que terceiros tivessem acesso aos seus dados em órgãos da administração pública. Segundo o deputado, isso tornaria o atendimento mais moroso, além de aumentar as despesas do contribuinte.

Segundo a MP, o uso indevido de informações fiscais é caracterizado pela impressão, cópia ou qualquer outra forma de extração dos dados protegidos. Se o servidor acessar indevidamente as informações, mas não praticar essas ações, a penalidade prevista será mais branda: suspensão de até 180 dias. Caso a conduta seja repetida, também poderá haver demissão.

A demissão, a destituição de cargo em comissão e a cassação de disponibilidade ou de aposentadoria previstas incompatibilizam, por cinco anos, o ex-servidor para novo cargo, emprego ou função pública em órgão ou entidade da administração pública federal.

No Senado, a matéria tranca a pauta do plenário e deve ser votada até o dia 15 de março --prazo em que perde a validade.

09 de agosto de 2010

Prata jogo bem, mas só empata

Prata jogo bem, mas só empata

Ontem a Seleção de Futebol de Prata do Piauí fez um grande jogo pela Copa Piauiense de Futebol Amador, mesmo assim não sauí do empate de 2x2, por outro lado teve um sabor de vitória, já que Prata sauí na frente com gol de Fabrício, mas sofreu a virada e só aos 49 minutos do segundo tempo é que a Beira-Rio (Prata) empatou com gol de Welder.

Um bom público esteve presente no estádio municipal e pôde ver um bom jogo, além de ter sido mostrado pela TV Clube de Teresina. Mas se você não viu o jogo ao vivo e nem pela televisão, acompanhe em texto abaixo como foi o jogo e veja fotos da partida.

O jogo foi tranquilo e contou com a presença da polícia, de massagistas e uma enfermeira. O torcedor assistiu o jogo como pôde, alguns que não queria pagar ingresso disputaram um lugarzinho privilegiado no topo de uma árvore.


No inicio da partida, os jogadores, arbitragem e torcedores presentes fizeram um minuto de silêncio em homenagem ao ilustre torcedor da seleção pratense, Antônio Roque que faleceu no último dia 28. Quando a bola rolou, os gols foram aparecendo. Logo aos oito minutos, Luiz Paulo, cobrou escanteio para Prata e Fabrício de cabeça, abriu o placar.

O jogo continuou quente e aos 14 minutos, Laércio fez falta muito contestada pelo time da casa, Denis cobrou e no rebote, Thesco empatou para a seleção de Olho D Água. Aos 25 minutos, Adeilson acreditou no lance, tocou para Genival que quase marcou. Aos 30 do primeiro tempo, Júnior da Seleção da Beira-Rio (Prata) cruza, os jogadores de Prata pedem pênalti e Adeilson leva cartão amarelo. Aos 32, Adriano cobra falta e quase vira o jogo para Olho D Água.

Aos 33 minutos, Vicente (Vik) cruza, o goleiro bate-roupas e Adeilson quase faz o segundo para Beira-Rio. Aos 39, escanteio para o Olho D Água, Denis cobra na área e no bate-rebate, Olho D Água, quase marca novamente. Aos 40 minutos, Genival sofre falta e Luiz Paulo cobra pra fora. E aos 43 minutos, Wellinson (o tiú), cobra escanteio e Adriano cabeceou pra fora. O primeiro tempo terminou em 1x1.


O segundo tempo e logo aos cinco minutos, Vicente (o Vik) bate e quase faz o segundo para o time da casa. Aos sete minutos, Leonardo chutou, o goleiro rebateu e Thesco fez impedido para o time visitante. Aos nove, Laércio fez falta, escanteio para Olho D Água, Antônio cobra, Thesco cabeceia e Vik tira em cima da linha. Aos 14 minutos, Adeilson recebe uma cotovelada, não marcada pelo juiz, é assistido pela enfermeira de plantão e é substituído por Welder.

Aos 24 minutos, Édio bate e o goleiro Weslley da seleção de Prata faz grande defesa. Aos 26, Willian toca para Thesco que faz o segundo dele e o segundo da seleção de Olho D’ Água. Aos 28, Vicente toca e Luiz Paulo quase empata o jogo novamente. Aos 38, Laércio faz falta em Thesco e leva amarelo, Leonardo rola para Thesco que chuta direto pra fora. Aos 40 minutos, em um bate-rebate na área da seleção visitante, Prata quase faz o segundo.

Aos 41, Willian bate para o gol de Prata e Weslley, outra vez, faz grande defesa. E aos quarenta e nove minutos do segundo tempo, quando tudo parecia perdido para seleção Beira-Rio, Genival toca, a zaga e o goleiro falham e Welder que entrou no segundo tempo, deixa tudo igual novamente. Final de jogo, seleção de Prata dois, Olho D Água, também dois.






05 de agosto de 2010

02 de agosto de 2010