Portal O Dia

Guadalupe

Guadalupe

Euclides Alves

Notícias de Guadalupe

  • Portal O Dia /
  • Guadalupe /
  • Audiência Pública sobre Terracal em Artur Passos define Desafios e Avanços

Audiência Pública sobre Terracal em Artur Passos define Desafios e Avanços

Empreendimento Terracal ameaçado

11/04/2013 07:40

No dia 05 de Abril na igreja de Artur Passos, reuniram-se para discutir o empreendimento Terracal, moradores da localidade Artur Passos, Ministério Público, INCRA, IPHAN, CECOCQ, DiHuCi, UFPI, Vice-Prefeito de Jerumenha, Frei Eulálio, Frei Erivelton, Secretária de Saúde e Chefe de Gabinete da Prefeitura de Jerumenha.

A representante da CECOCQ, iniciou a reunião flando sobre aformação politica e articulação das comunidades remanescentes de quilombos, resaltando a invisibilidade histórica destinada a este povo.


Ricardo Augusto, historiador do IPHAN, informou em que nível estão as discussões na instituição, neste sentido foi emitido um parecer sobre o estudo de impacto ambiental - EIA do empreendimento Terracal, destacando que neste foi percebido aausência de alguns pontos importantes no tocante ao patrimônio material e imaterial da comunidade Artur Passos, como: LEVANTAMENTO DO PATRIMÔNIO ARQUEOLÓGICO DA REFERIDA COMUNIDADE. LIVRE ACESSO AOS CEMITÉRIOS DA POPULAÇÃO. LEVANTAMENTO DE TODAS AS FAMILIAS IMPACTADAS PELO EMPREENDIMENTO.


Maria Lúcia Damas da Comissão Pró-Artur Passos, fez uma retrospectiva da audiência pública e dos encaminhamentos tirados por esta comissão, com a necessidade do livre acesso aos espaços tradicionalmente usados e ocupados pela população de Artur Passos que foram cerceados pela empresa Terracal.

A representante apontou ainda algumas dúvidas sofre a Terracal, como natureza juridica e a origem do capital da mesma.


O Diretor Presidente da Associação de Moradores de Artur Passos, Raimundo Damas, chamou a atenção para o levantamento limitado das espécies de fauana e do descaso com a comunidade de Artur Passos que nãofoi inserida no relatório de impacto ambiental do empreendimento Terracal.


O Promotor de Justiça Dr. Sérvio de Deus, informou que a instituição está atenta para as questões referentes a instalação da Terracal, ressaltando que o Ministério Públcio deve basear sua atuação a partri de interesses da sociedade e que no âmbito da licença prévia do empreendimento, o Ministério Público está ciente das condicionalidades impostas pelo IPHAN.


O Representante do Serviço Quilombola do Incra Marcelo Parente, fez esclarecimentos sobre o processo de certificação e titulação de território Quilombolas, apresentando a comunidade o antropólogo que realizará o relatório de titulação, identificação e demarcação, ressalta-se neste processo a importância da comunidade em contar sua estória.


Antônio Bispo dos Santos da CECOCQ - Piauí, fez esclarecimentos sobre organização e história do movimento quilomboa, bem como ressaltou dispositivos que protegem os povos indigenas, tradicionais, quilombolas, da conveção de 169 da organização internacional do trabalho.

A CECOCQ tirou como encaminhamento da discussão fazer representação ao Ministério Público requerendo a anulação da licença prévia concedida pela SEMAR à Terracal, já que o empreendimento atinje o Rio Parnaíba, este de competência federal devido ser divisa com estados do Piauí e Maranhão.


Frei Eulálio Miranda pronunciou-se sobre a importância da organização e do resgate da história da comunidade Artur Passos como instrumento para o fortalecimento da comunidade e do enfrentamento.


Nesta reunião foi definida adata da Assembléia Extraordinária que terá como pauta a leitura e aprovação do novo estatuto da Associação de Moradoresde Artur Passos, marcada para o dia 27 de abril às 19hs, na Igreja de Artur Passos e ainda o encaminhamento do registro junto ao IPHAN do Festejo da Imaculada Conceição como patrimônio cultural nacional.

DESAFIOS:
AMPLIAR O DEBATE SOBRE A QUESTÃO TERRITORIAL EM ARTUR PASSOS.

NECESSIDADE DE FORMAÇÃO POLITICA SOBRE A QUESTÃO QUILOMBOLA.

NECESSIDADE DE RESGATE HISTÓRICO E CULTURAL DO QUILOMBO DE ARTUR PASSOS.

AVANÇOS:
PRESENÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO E IPHAN, MOSTRANDO-SE SENSIBILIZADO A SITUAÇÃO DO QUILOMBO DE ARTUR PASSOS.

O POSICIONAMENTO FAVORÁVEL DO INCRA NO QUE SE REFERE AO PROCESSO DE TITULAÇÃO DO QUILOMBO.

MOBILIZAÇÃO PELO RÁDIO FOI CONSIDERADA POSITIVA.

IMPORTANCIA DESSE MOMENTO DE SENSIBILIZAÇÃO, DIÁLOGO E RESGATE DA HISTÓRIA E CULTURA DO QUILOMBO.

SUGESTÃO DO REGISTRO DOS FESTEJOS DA IMACULADA CONCEIÇÃO COMO PATRIMÔNIO CULTURAL NACIONAL.

Deixe um comentário

Tópicos Reunião, Artur Passos, Avanços, Desafios,

Veja também

há 11 dias
Eleição ocorreu dia 10
há 11 dias
Três horas diárias segunda à sábado