• elshallon
  • Unimed
  • assinatura jornal

Kroos é melhor que CR7 e Messi? Neuer no topo? Confira alguns dos votos mais ‘duvidosos’ do prêmio da Fifa!

Alguns técnicos e jogadores colocaram, coincidentemente, companheiros de time ou comandados... sobrou ‘clubismo’ na votação?

09/01/2017 19:20h

Medo da concorrência?(Foto: Getty Images)

Capitães das respectivas seleções de Argentina e Portugal, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo votaram somente em seus companheiros de clube. Enquanto o camisa 10 do Barça listou Luis Suárez (1º), Neymar (2º) e Andrés Iniesta (3º), CR7 selecionou Gareth Bale (1º), Luka Modric (2º) e Sergio Ramos (3º).

Rooney, ídolo do Manchester United e capitão da Seleção Inglesa, resolveu ‘homenagear’ o atacante Jamie Vardy, herói do Leicester na histórica conquista da Premier League e companheiro de seleção. O centroavante foi a terceira opção de Wayne Rooney, que listou CR7 e Luis Suárez entre suas preferências.

Será que pesou a amizade com Toni Kroos, para Manuel Neuer? (Foto: Getty Images)

Entre os jogadores, poucos foram tão ‘clubistas’ quanto Manuel Neuer e Robert Lewandowski. O goleiro do Bayern e capitão da Alemanha listou dois companheiros de seleção e um de Bayern de Munique (1º Toni Kroos, 2º Mesut Ozil e 3º Lewandowski), enquanto o atacante polonês do Bayern colocou exatamente o goleirão de seu time como melhor jogador do mundo! Para o camisa 9 bávaro, e capitão da Polônia, os três melhores são: Neuer, Gareth Bale e Cristiano Ronaldo.

Ex-jogador do Barcelona, Daniel Alves deu o seu voto como capitão do Brasil e só escolheu companheiros da época em que colecionou troféus na Catalunha: 1º Messi, 2º Neymar e 3º Luis Suárez.

Treinadores: algo não está cheirando bem...

Joachim Low escolheu apenas jogadores da Seleção Alemã (Foto: Getty Images)

Entre os técnicos, os que mais 'clubistas’ foram Joachim Low, da Alemanha, e Christopher Coleman, de Gales. Campeão do Mundo em 2014, Low selecionou apenas jogadores por ele treinados: Kroos, Ozil e Neuer; enquanto o galês colocou Gareth Bale, astro da seleção, como melhor do mundo – seguido por Alexis Sánchez e Jamie Vardy.

Treinador da Seleção Brasileira, Tite lembrou de Neymar e colocou o seu camisa 10 como segunda opção – atrás de CR7 e na frente de Griezmann. Já Edgardo Bauza, da Argentina, não poderia não colocar Messi no topo... deixando de fora o português do Real Madrid (1º Messi, 2º Aguero, 3º Griezmann).

Fonte: Esporte interativo

Deixe seu comentário