• VIP TAXI teresina
  • bbrock
  • assinatura jornal

Florida Cup: Wendell - "Sou torcedor do Grêmio e sempre acompanho o time, mesmo de longe"

Goal Brasil bateu um papo com jovem brasileiro Wendell Nascimento, lateral do Bayer Leverkusen e Seleção, que está na 'Terra do Mickey' para disputa da Florida Cup

09/01/2017 14:10h

 

Em 27 de fevereiro de 2014, a vida de Wendell ficou de cabeça para baixo. O Bayer Leverkusen anunciava a contratação do jovem lateral do Grêmio, que arrumava as malas rumo ao Velho Continente. Passados quase três anos, a Goal Brasil encontrou com o brasileiro nos Estados Unidos, onde o clube alemão participa da Florida Cup.

Agora jogador de Seleção, Wendell, aos 23 anos - e mostrando muita maturidade -,  nos contou sobre sua vida na Alemanha, a paixão pelo Grêmio e a experiência com Tite . E quem é o melhor do mundo, Wendell: Messi, CR7 ou Neymar?  Confira!


(Foto: Felipe Torres/Goal Brasil )

Disputar a Florida Cup

Experiência muito boa, um torneio internacional, com várias equipes do mundo inteiro.  Boa oportunidade de estar em contato com  o futebol sul-americano, dos Estados Unidos. E também tem o objetivo do Bayer de variar seu estilo de jogar, isso é importante e queremos fazer um excelente trabalho aqui na Florida.

Excursões internacionais

Os times brasileiros deveriam investir mais nestas excursões. É sempre importante conhecer outros estilos de futebol, outras escolas. Vieram aí o São Paulo, Atlético-MG, Bahia, Corinthians, sempre legal sair da rotina do Brasil e aprender novas coisa.

Seleção Brasileira

Na penúltima convocação, contra Bolívia e Venezuela (pelas Eliminatórias), tive a oportunidade de ir. Fiquei muito feliz e não tenho que falar do Tite. Ele realizou um dos meus sonhos, de chegar à Seleção principal.Um cara extraordinário dentro e fora de campo, pela pessoa que é e como ele te faz sentir. Passa muita energia positiva. Tomara que fique 20, 30 anos na Seleção (risos).


(Foto:Pedro Martins / MoWa Press / Divulgação)

Vida na Alemanha

É até melhor que eu esperava. Agradeço a Deus pela oportunidade de estar jogando num grande clube, num país em que tudo funciona. Eu pretendo ficar muito tempo no Bayer, na Europa, pois tenho toda estrutura dentro e fora de campo. Ainda neste resto de temporada, pretendo fazer um grande trabalho para manter meu nível.

Paixão pelo Grêmio

Merecido o Brasileiro do Palmeiras, foi o time que melhor e mais investiu. Fico feliz também pelo Grêmio, que conquistou um título (Copa do Brasil), depois de muito tempo. Sou torcedor e joguei pelo Grêmio. Espero que 2017 seja ainda melhor para o futebol brasileiro. Ano passado, tivemos a tragédia com a Chapecoense, que não gosto nem de lembrar, mas que isso nos possa trazer união.


(Foto: Getty Images)

Cristiano Ronaldo foi o melhor do mundo em 2016?

Se fosse da minha vontade, eu escolheria o Neymar, pelo brasileiro que é e como nos representa.. Mas temporada passada, CR7 foi pouco acima que os demais. 

Fonte: Esporte interativo

Deixe seu comentário