Portal O Dia
  • Portal O Dia /
  • MMA / UFC /
  • Chris Weidman revela seu plano de luta para enfrentar Anderson Silva: 'Vou socar a sua cara'

Chris Weidman revela seu plano de luta para enfrentar Anderson Silva: 'Vou socar a sua cara'

Americano campeão dos médios esbanja confiança e avisa que Spider não terá vida fácil

11/12/2013 18:39

Anderson Silva e Chris Weidman se enfrentarão no UFC 168, em dezembro

Se depender da confiança de Anderson Silva e de Chris Weidman, a revanche entre os dois lutadores, marcada para , será a maior luta do século. Os dois atletas estão convencidos de que vão vencer o duelo. Questionado sobre qual vai ser seu plano de luta, o americano foi direto:







"Estou dizendo a Anderson Silva qual será o meu plano de luta. Vou andar para frente, botar pressão sobre ele. Vou frustrá-lo. Se ele lutar com a guarda baixa, vou socar a sua cara. Se ele estiver com a guarda alta, esperando que eu o golpeie, vou levá-lo para o chão. Não tenho medo de ser golpeado. Vou andar para frente com o queixo colado no peito e meus dentes cerrados. Não me importa o quanto ele me acerte. Eu estarei ali o tempo todo", disse Weidman ao site do UFC.

Weidman também concorda que Anderson Silva mereça a revanche, mas diz que isso não quer dizer que terá vida fácil

"Ele é o maior de todos os tempos e merecia a revanche. Não vi problema nenhum em concedê-la. Mas tenho que vencer Anderson Silva de novo. Tenho que consolidar minha primeira vitória e a mim mesmo como campeão. E só posso fazer isso vencendo-o novamente", encerrou.

Fonte: Esporte interativo

Deixe um comentário

Tópicos anderson, silva, socar, cara, enfrentar, luta, weidman, revela, plano, chris,

Veja também

há 1 dia
Francis Carmont acumulava três derrotas seguidas, a última para o brasileiro Thales Leites, por nocaute no segundo round, em agosto deste ano.
há 1 dia
De olho no cinturão, Jacaré lutaria com Lyoto antes de disputa por título
há 1 dia
De olho no cinturão, Jacaré lutaria com Lyoto antes de disputa por título
há 1 dia
O ex-campeão do Pride revela que recusou lutar pelo Ultimate: 'O UFC me ofereceu condições inaceitáveis'