• Patrimônio 09/17
  • Unimed
  • assinatura jornal

Villas-Boas acusa time de Felipão de criar acidentes de carro antes da partida

Apesar da classificação sobre o rival, técnico do Shanghai SIPG levanta hipótese de que o Guangzhou Evergrande tentou prejudicar seu clube e critica arbitragem.

13/09/2017 14:03h

Na última terça-feira, o Shanghai SIPG sofreu uma pesada derrota para o Guangzhou Evergrande por 5 a 1 pela Liga dos Campeões da Ásia, mas acabou conseguindo a classificação nos pênaltis - tinha vencido o jogo de ida por 4 a 0. No entanto, o técnico André Villas-Boas não engoliu o resultado no tempo normal e acusou o clube adversário de criar situações para prejudicar sua equipe, inclusive com acidentes de carro no trajeto para o estádio, que causaram um atraso na chegada do ônibus de seu time.

- Nós viemos aqui no ônibus para este jogo e os mesmos dois carros separadamente se envolveram em três acidentes na nossa frente. Este é o problema - acusou o treinador português.


André Villas-Boas acusou o Guangzhou Evergrande de influenciar o trânsito e a arbitragem (Foto: Sina.com)

O diretor técnico do Shanghai SIPG, Mads Davidsen, registrou uma das colisões entre carros (foto acima) e chegou a citar um total de cinco acidentes que causaram o atraso do ônibus da equipe na chegada ao estádio.

No entanto, as críticas de Villas-Boas não ficaram restritas apenas a fatores extra-campo. O treinador reclamou da ação da arbitragem nas duas partidas, além do tribunal disciplinar. Segundo ele, Elkeson levou uma cotovelada no primeiro jogo e o adversário não foi suspenso para o confronto seguinte. Além disso, um cartão amarelo para o goleiro Yan Junling durantes as penalidades revoltou o português.

- Esse clube (Guangzhou Evergrande) pode fazer de tudo. Eles podem causar acidentes na nossa frente. Eles têm jogadores que dão cotoveladas no Elkeson e não são suspensos e, ainda assim, nós vencemos. O árbitro deu um amarelo para o nosso goleiro durante os pênaltis e isso é uma desgraça. Essa foi a maior vitória do SIPG e é para nossos jogadores, que deram tudo até o final - afirmou.

Fonte: Globo Esporte

Deixe seu comentário