• elshallon
  • Unimed
  • assinatura jornal

Hamilton sobra na Inglaterra, vence e reduz para um ponto diferença para Vettel

Inglês da Mercedes domina o dia em Silverstone, vence pela quinta vez o GP da Inglaterra e encosta em Vettel no campeonato. Alemão da Ferrari tem pneu furado e fecha em 7º. Massa é o 10º

16/07/2017 13:11h

Foi um passeio no parque para Lewis Hamilton em Silverstone. O inglês saiu da pole position para liderar de ponta a ponta, fazer a volta mais rápida e vencer o GP da Inglaterra pela quinta vez, se igualando a Jim Clark e Alain Prost. O triunfo é o quarto do piloto da Mercedes na temporada, 57ª na carreira. Com o resultado, a diferença para o líder Sebastian Vettel na tabela do campeonato caiu de 20 para apenas um ponto.

O alemão da Ferrari, por sinal, não fez uma grande corrida, e foi ultrapassado por Max Verstappen logo na largada. Ele ainda conseguiu recuperar o terceiro lugar durante a parada do holandês nos boxes, mas sofreu com o desgaste dos pneus no final da prova, quando era terceiro. Com o composto dianteiro esquerdo estourado na última volta, Vettel teve de se arrastar até os boxes. O tetracampeão ainda conseguiu trocar o pneu furado, voltar à pista e terminar a prova na sétima colocação, salvando alguns pontos na briga pelo título.


Foto: Getty Images

Ao contrário de Vettel, Bottas brilhou na Inglaterra, saindo da nona colocação no grid para receber a bandeirada no segundo lugar. O finlandês foi galgando posições ao longo da prova até superar a o compatriota da Ferrari no final. Para tanto, Bottas contou com problemas nos pneus de Kimi Raikkonen, que ocupava a segunda colocação no momento. O ferrarista, inclusive, ainda conseguiu trocar os compostos e completar a corrida no pódio, em terceiro lugar.

Na RBR, enfim, Max Verstappen conseguiu completar um GP. O holandês terminou a corrida em quarto e teve como ponto alto da corrida a boa briga com Vettel nas voltas iniciais. Daniel Ricciardo, por sua vez, saiu da 19ª colocação, e, em impressionante recuperação, conseguiu cruzar a linha de chegada em quinto. Nico Hulkenberg também foi bem com a Renault, fechando em sexto, seguido de Vettel, Esteban Ocon, Sergio Pérez e com o brasileiro Felipe Massa da Williams fechando os dez pilotos que pontuam.


O pódio do GP da Inglaterra (Foto: Getty Images)

Jolyon Palmer: que fase!

Correndo em casa, o inglês até que fez um bom treino classificatório, anotando o 11º melhor tempo. Entretanto, o início promissor de Palmer em Silverstone foi por água a baixo antes mesmo da largada. Com problemas na Renault, Jolyon teve que encostar o carro e sequer conseguiu completar a volta de apresentação. O objetivo de pontuar pela primeira vez na temporada ficou pelo caminho mais uma vez...

A largada

Lewis Hamilton largou bem, segurou o ímpeto das duas Ferrari e manteve a liderança. Ao contrário do especulado, Raikkonen não abriu espaço para Vettel, que acabou atacado por Verstappen e perdeu a terceira colocação. Hulkenberg veio na sequência com a Renault, seguido de Bottas, que pulou de nono para sexto. Como habitual, Massa fez grande largada, saindo da 14ª colocação para a décima.

Veja a classificação final do GP da Inglaterra


Fonte: G1

Deixe seu comentário