• Anuário 2017
  • Unimed
  • assinatura jornal

Campeonato Alemão terá mulher como árbitra principal na próxima temporada

Bibiana Steinhaus, de 38 anos, é policial, já apitou partidas de segunda divisão e teve problemas com Guardiola em 2014, quando era quarta árbitra

19/05/2017 11:13h

Campeonato Alemão terá mulher como árbitra principal na próxima temporada

Campeonato Alemão terá uma grande novidade em seu quadro de arbitragem para a temporada 2017/18. Pela primeira vez na história, uma mulher ser árbitra principal da primeira divisão do país. Bibiana Steinhaus, de 38 anos, vinha trabalhando como quarta árbitra e chegou a apitar partidas de divisões inferiores e da Copa da Alemanha. A Federação Alemã de Futebol confirmou sua promoção nesta sexta-feira.

- Esse sempre foi meu sonho. O fato de que este sonho agora se tornará realidade, é claro, me enche de uma alegria muito grande - disse Bibiana em declaração ao site oficial da Federação Alemã de Futebol.

A árbitra alemã é policial de profissão, mas faz parte do quadro de arbitragem da Federação Alemã de Futebol desde 1999. Em 2003, apitou a decisão da Copa da Alemanha feminina. Em 2005, se tornou árbitra oficial da FIFA e em 2007 começou a apitar jogos de futebol masculino. Ela carrega a experiência de ter atuado em partidas do Mundial feminino e também das Olimpíadas.

Bibiana Steinhaus já se envolveu em algumas polêmicas no futebol alemão, sem nunca perder sua postura firme. Em 2014, em uma partida da Copa da Alemanha entre Bayern de Munique e Borussia Monchengladbach, Pep Guardiola foi bastante rude ao reclamar do tempo de acréscimo. Primeiro, apertou sua mão com força, e depois colocou a mão no ombro da árbitra para fazer novas ponderações.

Em outra situação, em 2015, ela foi desrespeitada pelo meia Kerem Demirbay, do Fortuna Düsseldorf, após expulsá-lo em uma partida da segunda divisão. O jogador saiu de campo dizendo que "futebol é coisa de homem" e acabou punido pelo clube, que o obrigou a apitar uma partida de futebol feminino. Demirbay se desculpou com a árbitra e o público após o ocorrido.

Fonte: Globo Esporte

Deixe seu comentário