• Patrimônio 09/17
  • Unimed
  • assinatura jornal

No embalo do título brasileiro, Palmeiras inicia a Libertadores contra novato

Buenos Aires, 7 mar (EFE).- O Palmeiras estreia na Taça Libertadores nesta quarta-feira, em visita ao novato Atlético Tucumán, na Argentina, com o velho sonho de repetir a conquista de 1999, agora motivado com o título do Campeonato Brasileiro do ano

07/03/2017 14:45h

Buenos Aires, 7 mar (EFE).- O Palmeiras estreia na Taça Libertadores nesta quarta-feira, em visita ao novato Atlético Tucumán, na Argentina, com o velho sonho de repetir a conquista de 1999, agora motivado com o título do Campeonato Brasileiro do ano passado e o reforço do atacante colombiano Miguel Borja, atual campeão do torneio continental pelo Atlético Nacional.

A 17ª participação do Verdão na Libertadores começará com três desfalques. O zagueiro Yerri Mina está suspenso por ter sido expulso na final do ano anterior, quando defendia o Santa Fe. O também defensor Thiago Martins sofreu uma lesão no joelho esquerdo em jogo-treino e ficará até seis meses afastado dos gramados.

Já o volante Tchê Tchê, que se recupera de uma lesão desde fevereiro, não ficou apto a tempo e sequer foi relacionado pelo técnico Eduardo Baptista para a estreia no torneio.

Para a partida desta quarta-feira, o treinador deve dar uma chance a Borja, que já balançou as redes duas vezes com a camisa do Palmeiras pelo Campeonato Paulista, do qual a equipe lidera com folga o grupo C.

"Borja tem muita explosão e velocidade, mas ainda não está em seu auge. A nossa ideia é que ele possa jogar na quarta-feira", afirmou o técnico, sem esclarecer se o colombiano será titular ou se começará no banco de reservas.

O Atlético Tucumán, que participa da competição pela primeira vez, chega à fase de grupos depois de superar heroicamente o El Nacional e o Júnior Barranquilla nas preliminares. A promessa é de um estádio José Fierro lotado, após os ingressos terem esgotado no fim de semana.

Com a paralisação do Campeonato Argentino, a equipe treinada por Pablo Lavallén pode sentir a falta de ritmo de jogo, já que a última partida disputada foi há duas semanas, ao vencer o Junior Barranquilla por 3 a 1 em casa e avançar na competição.

A única dúvida no time é a presença de David Barbona, que recentemente esteve com febre, mas o meia deverá ser confirmado para a partida desta quarta-feira.

"Ainda não ganhamos nada, falta muito caminho a ser percorrido. É preciso levar com seriedade tudo o que chega a nós", enfatizou o atacante Fernando Zampedri em entrevista coletiva prévia ao jogo.

Palmeiras e Atlético Tucumán se enfrentam pelo grupo 5 da Taça Libertadores, que também conta com a presença de Jorge Wilstermann e Peñarol.

Prováveis escalações:.

Atlético Tucumán: Lucchetti; Di Plácido; Bianchi, Canuto e Evangelista; Aliendro, Acosta, Leyes e Barbona; Menéndez e Zampedri. Técnico: Pablo Lavallén.

Palmeiras: Fernando Prass; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Egídio; Felipe Melo, Zé Roberto, Michel Bastos, Keno e Dudu; Borja (Róger Guedes). Técnico: Eduardo Baptista.

Árbitro: Mario Díaz de Vivar (Paraguai), auxiliado pelos compatriotas Eduardo Cardozo e Milciades Saldivar.

Estádio: Monumental José Fierro, em Tucumán. EFE

Fonte: Esporte interativo

Deixe seu comentário