• Patrimônio 10/17
  • Unimed
  • assinatura jornal

Notícias Da Arquibancada

18 de outubro de 2017

Parnahyba é punido pelo TJD-PI e está fora da Copa Piauí

Com isso, o River, terceiro colocado na tabela, 'herda' a vaga e vai fazer a final da competição contra o 4 de Julho

Na noite de ontem (17), aconteceu o julgamento do "Caso Garcês" na sede da Federação de Futebol do Piauí (FFP). Por votação unânime dos relatores (4 a 0), ficou definida a punição à equipe do Parnahyba por escalação irregular do atleta Felipe Garcês, de 17 anos, e a eliminação da Copa Piauí sub21. Com isso, o River, terceiro colocado na tabela, 'herda' a vaga e vai fazer a final da competição diante o 4 de Julho. O presidente do Paranhyba, Batista Filho, afirmou que irá recorrer da decisão. 

“Isso é calculado para tirar o Parnahyba e colocar o River. Vamos recorrer tranquilamente da decisão e levar até o STJD, no Rio de Janeiro, caso seja necessário”, afirmou Batista Filho. 

A decisão foi unânime entre os relatores que estiveram reunidos na noite de ontem (Foto: Jaílson Soares/ O Dia)

O advogado do Parnahyba pediu a absolvição total da equipe baseado no regulamento geral de competições do Piauí, regulamento da CBF e também do Campeonato Brasileiro Sub20. "Aqui acreditam que cercear o direito de um garoto de 17 anos é normal. Acreditam que a CBF acha isso normal, mas não é, o problema aqui é a hierarquia das normas", ressaltou Miguel Bezerra, advogado do time do Litoral. 

Mas na votação, os relatores primaram pelo regulamento da Copa Piauí que especificava que apenas atletas nascidos entre 1996 e 1999 poderiam disputar a competição. Felipe Garcês, de 17 anos, nasceu no dia 6 de abril de 2000. 

Entenda o caso 

No regulamento da Copa Piauí, está determinado que só podem participar da competição os atletas nascidos nos anos de 1996, 1997, 1998 e 1999. Entretanto, o River percebeu que um dos jogadores do Parnahyba estava fora da idade estipulada. O time comunicou à Federação, que analisou a situação e comunicou ao TJD-PI as escalações irregulares de dois jogadores do Parnahyba e dois jogadores do Flamengo-PI. 

O caso que deu início a essa novela foi de Felipe Garcês, de 17 anos, nascido no dia 6 de abril de 2000. O atleta foi relacionado para quatro jogos do Tubarão. Após a punição, a equipe do Litoral perdeu 21 pontos e está eliminada da competição

17 de outubro de 2017

TJD-PI julga hoje possível escalação irregular do Parnahyba na Copa Piauí

O julgamento acontece às 19h na sede da FFP e define se o Parnahyba segue na final

Na noite de hoje (17) acontece o julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí (TJD-PI) sobre o caso de escalação irregular do Parnahyba, que vem segurando a final da Copa Piauí sub21. Após o pedido de condenação do promotor Ricardo Miranda a competição está suspensa e Federação de Futebol do Piauí (FFP) aguarda o julgamento para dar sequência na disputa que dá ao campeão vaga na Série D do Brasileiro 2018.

De acordo com a própria FFP atletas do Parnahyba e do Flamengo jogaram de forma irregular na competição, pois nasceram no ano de 2000 quando o regulamento estipula nascimento entre 1996 e 1999. O caso do Parnahyba ganhou maior repercussão porque pode dar uma reviravolta na competição se o time do Litoral for punido, pois o River ‘herdaria’ a vaga e faria a final diante do 4 de Julho.

Entenda o caso

No regulamento da Copa Piauí está determinado que só podem participar da competição os atletas nascidos nos anos de 1996, 1997, 1998 e 1999. Entretanto, o River percebeu que um dos jogadores do Parnahyba estava fora da idade estipulada. O time comunicou à Federação de Futebol do Piauí (FFP) que analisou a situação e comunicou ao TJD-PI as escalações irregulares de dois jogadores do Parnahyba e dois jogadores do Flamengo-PI.

O caso que deu início a essa novela foi de Felipe Garcês, de 17 anos, nascido no dia 6 de abril de 2000. O atleta foi relacionado para quatro jogos do Tubarão. Se for punido o time pode perder até 18 pontos. Três pontos por cada partida relacionado e mais três por cada vitória. Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí (TJD-PI), que vai julgar o caso e sentenciar a punição ou absolvição do time do Litoral.

TJD-PI julga hoje possível escalação irregular do Parnahyba na Copa Piauí

O julgamento acontece às 19h na sede da FFP e define se o Parnahyba segue na final

Na noite de hoje (17) acontece o julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí (TJD-PI) sobre o caso de escalação irregular do Parnahyba, que vem segurando a final da Copa Piauí sub21. Após o pedido de condenação do promotor Ricardo Miranda a competição está suspensa e Federação de Futebol do Piauí (FFP) aguarda o julgamento para dar sequência na disputa que dá ao campeão vaga na Série D do Brasileiro 2018.

De acordo com a própria FFP atletas do Parnahyba e do Flamengo jogaram de forma irregular na competição, pois nasceram no ano de 2000 quando o regulamento estipula nascimento entre 1996 e 1999. O caso do Parnahyba ganhou maior repercussão porque pode dar uma reviravolta na competição se o time do Litoral for punido, pois o River ‘herdaria’ a vaga e faria a final diante do 4 de Julho.

Entenda o caso

No regulamento da Copa Piauí está determinado que só podem participar da competição os atletas nascidos nos anos de 1996, 1997, 1998 e 1999. Entretanto, o River percebeu que um dos jogadores do Parnahyba estava fora da idade estipulada. O time comunicou à Federação de Futebol do Piauí (FFP) que analisou a situação e comunicou ao TJD-PI as escalações irregulares de dois jogadores do Parnahyba e dois jogadores do Flamengo-PI.

O caso que deu início a essa novela foi de Felipe Garcês, de 17 anos, nascido no dia 6 de abril de 2000. O atleta foi relacionado para quatro jogos do Tubarão. Se for punido o time pode perder até 18 pontos. Três pontos por cada partida relacionado e mais três por cada vitória. Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí (TJD-PI), que vai julgar o caso e sentenciar a punição ou absolvição do time do Litoral.

TJD-PI julga hoje possível escalação irregular do Parnahyba na Copa Piauí

O julgamento acontece às 19h na sede da FFP e define se o Parnahyba segue na final

Na noite de hoje (17) acontece o julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí (TJD-PI) sobre o caso de escalação irregular do Parnahyba, que vem segurando a final da Copa Piauí sub21. Após o pedido de condenação do promotor Ricardo Miranda a competição está suspensa e Federação de Futebol do Piauí (FFP) aguarda o julgamento para dar sequência na disputa que dá ao campeão vaga na Série D do Brasileiro 2018.

De acordo com a própria FFP atletas do Parnahyba e do Flamengo jogaram de forma irregular na competição, pois nasceram no ano de 2000 quando o regulamento estipula nascimento entre 1996 e 1999. O caso do Parnahyba ganhou maior repercussão porque pode dar uma reviravolta na competição se o time do Litoral for punido, pois o River ‘herdaria’ a vaga e faria a final diante do 4 de Julho.

Entenda o caso

No regulamento da Copa Piauí está determinado que só podem participar da competição os atletas nascidos nos anos de 1996, 1997, 1998 e 1999. Entretanto, o River percebeu que um dos jogadores do Parnahyba estava fora da idade estipulada. O time comunicou à Federação de Futebol do Piauí (FFP) que analisou a situação e comunicou ao TJD-PI as escalações irregulares de dois jogadores do Parnahyba e dois jogadores do Flamengo-PI.

O caso que deu início a essa novela foi de Felipe Garcês, de 17 anos, nascido no dia 6 de abril de 2000. O atleta foi relacionado para quatro jogos do Tubarão. Se for punido o time pode perder até 18 pontos. Três pontos por cada partida relacionado e mais três por cada vitória. Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí (TJD-PI), que vai julgar o caso e sentenciar a punição ou absolvição do time do Litoral.

TJD-PI julga hoje possível escalação irregular do Parnahyba na Copa Piauí

O julgamento acontece às 19h na sede da FFP e define se o Parnahyba segue na final

Na noite de hoje (17) acontece o julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí (TJD-PI) sobre o caso de escalação irregular do Parnahyba, que vem segurando a final da Copa Piauí sub21. Após o pedido de condenação do promotor Ricardo Miranda a competição está suspensa e Federação de Futebol do Piauí (FFP) aguarda o julgamento para dar sequência na disputa que dá ao campeão vaga na Série D do Brasileiro 2018.

De acordo com a própria FFP atletas do Parnahyba e do Flamengo jogaram de forma irregular na competição, pois nasceram no ano de 2000 quando o regulamento estipula nascimento entre 1996 e 1999. O caso do Parnahyba ganhou maior repercussão porque pode dar uma reviravolta na competição se o time do Litoral for punido, pois o River ‘herdaria’ a vaga e faria a final diante do 4 de Julho.

Entenda o caso

No regulamento da Copa Piauí está determinado que só podem participar da competição os atletas nascidos nos anos de 1996, 1997, 1998 e 1999. Entretanto, o River percebeu que um dos jogadores do Parnahyba estava fora da idade estipulada. O time comunicou à Federação de Futebol do Piauí (FFP) que analisou a situação e comunicou ao TJD-PI as escalações irregulares de dois jogadores do Parnahyba e dois jogadores do Flamengo-PI.

O caso que deu início a essa novela foi de Felipe Garcês, de 17 anos, nascido no dia 6 de abril de 2000. O atleta foi relacionado para quatro jogos do Tubarão. Se for punido o time pode perder até 18 pontos. Três pontos por cada partida relacionado e mais três por cada vitória. Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí (TJD-PI), que vai julgar o caso e sentenciar a punição ou absolvição do time do Litoral.

16 de outubro de 2017

Piauiense é convocada para Seleção Feminina e vai disputar Copa CFA

Adriana 'Maga' foi convocada para Seleção principal pelo treinador Vadão e já está na China

A atacante piauiense Adriana “Maga” Leal, já está na China junto com a Seleção Brasileira de Futebol Feminino onde vai disputar a Copa CFA Yougchuan, em Chongqing, na China. Natural de União, cidade a 65km de Teresina, a jogadora veste a camisa do Rio Pedro, de São Paulo e foi destaque da equipe do interior paulista que foi campeã Estadual em cima do Santos (3 a 1) na última semana.  

Nos braços da companheira de clube Adriana comemora gol (FOTO: Muller Merlotto)

“Sempre tive esse sonho de vestir a camisa da Seleção Brasileira e hoje estou aqui com o grupo, posso dizer que é um sonho realizado, agora é aproveitar e agarrar com força essa oportunidade que Deus e o Vadão estão me dando e se tiver oportunidade de entrar em campo quero entrar bem e surpreender e quem sabe até marcar”, disse Adriana “Maga”.

A convocação veio aos 47 do segundo tempo depois que o treinador da Seleção Feminina principal, Vadão, acompanhou a final do Campeonato Paulista entre Santos e Rio Preto, em que Adriana não marcou, mas mostrou um futebol de qualidade que chamou atenção do técnico. Depois disso, veio a convocação para o torneio que acontece entre os dias 19 e 24 de outubro, na China.

Adriana chegou a ser convocada para a Seleção Brasileira Sub20 quando disputou o Mundial e antes de ir para o Rio Preto equipe em que se sagrou artilheira do Campeonato Paulista 2017, com 13 gols marcados a atleta vestiu a camisa do Tiradentes na temporada 2015/2016 lhe dando projeção nacional. “A temporada está maravilhosa. Mais uma vez estou na seleção do campeonato paulista assim como em 2016, campeã paulista e também artilheira e agora com essa oportunidade de estar na seleção”

A Seleção Brasileira vai fazer três jogos na competição. O primeiro será dia 19 contra o México. No dia 21, as atletas enfrentam a Coreia do Norte e fecham a competição enfrentando as donas da casa, a China, no dia 24 de outubro. 

13 de outubro de 2017

Altos confirma acerto com Waldemar Lemos e anuncia mais dois reforços

O lateral esquerdo Sidney, ex-Botafogo e o goleiro Gideão, ex-Tupi também irão vestir a camisa do Jacaré

A diretoria do Altos encerrou o mistério em torno do novo treinador. Waldemar Lemos, de 64 anos, será comandante do Jacaré durante a temporada 2018 em que o time vai disputar Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série D do Brasileiro, além de buscar o bicampeonato Piauiense. A diretoria confirmou também mais dois reforços; lateral-esquerdo Sidney, ex-Botafogo e o goleiro Gideão.

Waldemar Lemos será o treinador do Altos em 2018 (FOTO: Jailson Soares)

Os dois nomes são conhecidos do treinador Waldemar Lemos, mas as contratações foram feitas diretamente pelo Diretor de Futebol do Altos, Ricardo Pereira. Gideão, de 29 anos, estava no Tupi (MG) e passou quatro temporadas na equipe do Náutico onde trabalhou com Waldemar Lemos e também com o goleiro Rodrigo, que vestiu a camisa do Altos esse ano e teve seu contrato renovado.

“O Gideão é ex-goleiro do Náutico e estava no Tupi recentemente onde disputou o mineiro por lá. Gideão junto com o Rodrigo subiu o Náutico para a Série A do Brasileiro junto com o próprio treinador Waldemar Lemos. Conheço o trabalho dele pelos classicos que fez aqui contra Santa Cruz, Sport e acredito que será um grande goleiro pra equipe”, conta o Diretor de Futebol Ricardo Pereira.

Gideão é um dos reforços do Jacaré (FOTO: ASCOM Náutico)

O lateral-esquerdo Sidney, tem passagem por grandes clubes como Santos, São Paulo e Botafogo (RJ). O atleta é o segundo nome da posição após a confirmação de Wesley, de 26 anos, ex-River. Após as confirmações de datas da Copa do Nordeste  a intenção é que a equipe se apresente as atividades no mês de novembro, mas a data ainda será acertada entre diretoria e comissão técnica.  

Além desses nomes, o Jacaré já renovou os contratos de Manoel, Eduardo e Tavares (atacantes), Wagner e Marconi (volantes), Dos Santos e Netinho (laterais), Leone (zagueiro) e tem três atletas emprestados ao Parnahyba na disputa da Copa Piauí: Alex Mineiro, Ítalo e Ivo. O nome do atacante Ronny, ex- Botafogo, também foi confirmado como reforço essa semana . 

O Altos é único time do estado com calendário completo para temporada 2018. A equipe tem vaga garantida na Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série D do Brasileiro além da competição Estadual. 

12 de outubro de 2017

Altos conhece seu caminho na Copa do Nordeste 2018

A Copa do Nordeste vai ter inicio no dia 17 de janeiro e o faz sua estreia fora de casa

O único representante do Piauí conheceu seu caminho na fase de grupos da Copa do Nordeste 2018. O Altos faz sua estreia na competição no dia 17 de janeiro quando encara Náutico/Itabaiana, fora de casa. A CBJ divulgou a tabela base da competição nordestina com as datas dos jogos e mandos de campo. O Jacaré está no Grupo C ao lado de Náutico/Itabaiana, Bahia e Botafogo (PB).

O Altos fará sua estreia contra o vencedor do confronto entre Náutico e Itabaiana (FOTO: Jailson Soares)

A estreia do time piauiense será no dia 17 de janeiro contra o vencedor do confronto entre Náutico ou Itabaiana, que ainda não tem data para acontecer. O segundo jogo será em casa, contra o Bahia dia 31 de janeiro e fecha os jogos de ida fora de casa diante o Botafogo (PB) no dia 14 de fevereiro. Os jogos de volta acontecem de forma inversa e o Alviverde recebe o Botafogo dia 11 de março. Fora de casa, joga contra o Bahia dia 21 de março e encerra a fase de grupos diante o Náutico ou Itabaiana.

A Copa do Nordeste 2018 tem inicio de 17 de janeiro e se encerra dia 10 de julho, data em que acontece a semifinal da Copa do Mundo.

Na edição de 2018, a Copa do Nordeste contará com 16 clubes divididos em quatro grupos. Ao todo, serão 48 partidas da fase inicial, além de 14 no mata-mata. Avançam as quartas de final os dois melhores times de cada chave. Os grupos foram determinados em sorteio. O Grupo A tem Santa Cruz, CRB, Confiança e Treze/Cordino, o Grupo B tem Vitória, ABC, Ferroviário (CE) e Globo (RN), o Grupo C tem Bahia, Botafogo (PB), Altos e Itabaiana/Náutico, enquanto o D é composto por Ceará, Sampaio Corrêa, Salgueiro e CSA.

11 de outubro de 2017

Altos confirma contratação de atacante Ronny, ex- Botafogo

O jogador tem passagens pela Figueirense (SC), Botafogo (RJ), Palmeiras (SP) e Náutico.

O Altos segue se movimentando em busca do elenco ideal par temporada 2018. Depois da contratação do lateral-esquerdo Wesley, de 25 anos, ex-River, a diretoria Alviverde confirmou o nome do atacante Roniere Pinto, ou Ronny, ex-Remo, como novo reforço para o setor ofensivo. A contratação foi confirmada pelo presidente do clube, Warton Lacerda.

“O atacante Ronny está confirmado no elenco à contratação foi realizada em comum acordo entre o Ricardo (Diretor de Futebol) e o treinador. Os outros nomes devem ser liberados somente no dia 20 desse mês quando confirmamos o nome do técnico”, conta Warton Lacerda.

Ronny é novo contrato do Altos (FOTO: Ascom Botafogo)

Ronny, de 26 anos, tem passagens pelo Remo onde disputou a Série C do Brasileiro esse ano, Cuiabá, Náutico, Confiança, Botafogo (RJ) e Palmeiras (SP). O atacante natural do Mato Grosso atua como meia ofensivo e atacante de ponta. Além dele, o nome do lateral-esquerdo, Wesley, de 25 anos, também foi confirmado pela diretoria. Wesley atuou no futebol piauiense durante toda temporada 2017 vestindo a camisa do River.

De acordo com Warton outros nomes que passaram pelo futebol do estado estão sendo negociados e podem aparecer na lista. “É um atleta que vestiu bem a camisa do River nos acreditamos que pode fazer isso também no Altos. Podem aparecer outros nomes que estavam por aqui, mas estamos tendo toda cautela nessas contratações”, ressaltou o presidente.

A equipe do Altos é única do estado com calendário completo para temporada 2018. O time disputa o Piauiense, em que é atual campeão, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série D do Brasileiro. 

Warton fala sobre elenco para 2018; “Waldemar prefere atletas jovens”

A confirmação do nome de Waldemar Lemos deve acontecer no dia 20 de outubro

Em sigilo o Altos segue se organizando pensando na temporada 2018. O Jacaré deve anunciar o nome de Waldemar Lemos como treinador nas próximas semanas e junto a confirmação do técnico devem vir também alguns nomes de atletas. Até então, o presidente do clube, Warton Lacerda e o Diretor de Futebol, Ricardo Pereira, confirmaram onze nomes que renovaram ou já tem contrato com o clube até o final de 2018. O Altos é o atual campeão Piauiense e tem no calendário Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série D do Brasileiro.

“Confirmações sobre o treinador somente a partir do dia 20 de outubro, pois ainda estão sendo negociados pequenos detalhes. O elenco segue a mesma linha”, conta Warton.

Warton fala sobre montagem do elenco do Altos (FOTO: Jailson Soares)

Entre os atletas que renovaram com o clube estão os atacantes Manoel e Tavares, o goleiro Rodrigo, os laterais Netinho e Dos Santos, os volantes Marconi e Wagner. Além do trio, que está emprestado ao Parnahyba formado por Alex Mineiro, Ivo e Ítalo. O atacante Eduardo, de 37anos, também tem contrato com o clube até o final de 2018, mas não estava na lista divulgada.

Umas exigências que o treinador Waldemar Lemos estabeleceu seria sobre limite de idade para o elenco e não gostaria de ter atletas acima dos 30 anos. Mas segundo o presidente do Altos, isso não é empecilho para permanência do experiente atacante, que segue nos planos do time Alviverde. 

“Eduardo tem contrato e é atleta do clube. O Waldemar prefere trabalhar com atletas mais jovens, mas todo clube tem jogadores jovens, medianos e experientes para cadenciar, até a seleção brasileira tem porque o Altos não pode ter? isso não é problema e Eduardo segue, não demonstrou interesse em sair”, ressaltou Warton Lacerda.

Por conta da Copa do Mundo da Rússia 2018 o calendário das competições do futebol nacional deve ser antecipado em até 15 dias. Entre as datas liberadas pela CBF o prazo por exemplo para os Estaduais é de início 17 de janeiro e termino até 8 de abril. O Altos aguarda a data base da Copa do Nordeste 2018 para definir a reapresentação do elenco que deve acontecer no início de dezembro.

Primeiro contratado

O lateral-esquerdo Wesley, de 25 anos, é o primeiro reforço do Altos para temporada 2018. O atleta vestiu a camisa do River durante a temporada 2017 e foi titular absoluto na posição. O jogador é conhecido do treinador Waldemar Lemos e trabalhou com ele durante o Piauiense e parte da Copa do Nordeste. O Diretor de Futebol do Altos confirmou o acerto. “Sim será atleta do clube, fechei com ele na semana passada”, disse.

Wesley foi o primeiro contratado para temporada 2018 (FOTO: Victor Costa)

Boxes de crossfit incentivam reeducação alimentar através do Whole30

O programa foi abraçado pelo crossfit e hoje consiste em desafio que reúne boxes de todo o Brasil.

Você já deve ter ouvido falar no programa de nutrição chamado Whole30. A dieta propõe uma reeducação alimentar em 30 dias. O programa foi abraçado pela atividade física crossfit e hoje consiste em desafio que reúne boxes de todo o Brasil. Com isso, a dieta une pratica de atividades físicas e 30 dias de alimentação rigorosa, que no caso, se torna 80% do desafio. Em Teresina, alguns boxes estão participando do programa entre eles Terminal 1 e PS Crossfit.

O whole não é uma dieta especifica e sim um desafio proposto pelos boxes de crossfit do Brasil inteiro que tem como proposta principal massificar a ideia de uma boa alimentação. De acordo com o nutricionista André Felipe, a intenção é fazer com que whole deixe uma herança na vida de quem fez o desafio. “É um estilo de vida. Transcende a ideia de uma dieta. No que consiste o whole? a regra básica é isentar todo e qualquer consumo de alimento industrializado. Você tem que primar por alimentos naturais sem a intervenção humana”, frisa André.

Nutricionista André Felipe (FOTO: Moura Alves)

A base do whole é a chamada dieta paleolítica, que tem os nossos ancestrais como referência usando apenas carnes, frutos e sementes na alimentação. Marcus Nunes, atleta e instrutor fala sobre a importância de unir alimentação e atividade física como uma forma de motivar os participantes. “O esporte junto com esse programa traz uma motivação maior para eles adquirirem uma forma de vida mais saudável”, conta Marcus, que esse ano tem 180 alunos/atletas participando do whole 30.

O nutricionista André Felipe reforça que os 30 dias de desafio são realmente mais rigorosos tendo como base a forma como o brasileiro se alimenta, mas que a intenção é usar o projeto whole ao longo da vida. “Você não está acostumado a viver sem industrialização. Culturalmente falando nós estamos muito adaptados e no ato de ter que tirar tudo isso você sente, mas do ponto de vista quantitativo, passar fome, não deve ser pesado, pois uma das indicações é comer em quantidades que você se sinta saciado”, reforça André.

Entre os alunos que decidiram aceitar o desafio está Raimundo Neto, que treina crossfit há dez meses e desde então perdeu 13kg. Ele destaca algumas das dificuldades nos primeiros dias, mas afirma que tudo é questão de adaptação. “Você precisa se abdicar de muita coisa e coisas que estão enraizadas na nossa cultura como o açúcar, que é zero na dieta. A famosa cervejinha aos fins de semana. Estou com dez dias de dieta e já sinto o corpo mais leve e melhor rendimento nos treinos”, ressalta Raimundo.

Raimundo Neto (FOTO: Jailson Soares)

O Aluno Igor Brasil fala que o benefício estético pode ser o primeiro atrativo para muitos. “Eu já tinha um acompanhamento nutricional. Mas os principais ganhos são mentais, educando nossa mente e os resultados estéticos são mais rápidos”. O desafio whole 30 teve início no dia 1° de outubro e encerra dia 30 de outubro quando é refeita as medições, peso e fotos de todos que participam do desafio e analisado os resultados.

10 de outubro de 2017

Procurador pede punição ao Parnahyba e final da Copa Piauí é suspensa

O procurador do TJD-PI, Raimundo Nonato, deu parecer favorável a denúncia da FFP

A novela extracampo em torno da Copa Piauí sub21 ganhou mais um capítulo nesta terça-feira (10). Após a decisão inicial de arquivamento, o Procurador Geral do Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí (TJD-PI), Raimundo Nonato Barbosa Teixeira, deu parecer favorável a denúncia da Federação de Futebol do Piauí (FFP) sobre a escalação irregular de jogador do Parnahyba. A decisão foi em cima da infração do River contra o rival Parnahyba através de recurso. Por conta disso, os dois jogos da final da Copa Piauí estão adiados até o julgamento.

Tudo teve início por conta de uma denúncia à procuradoria do TJD-PI contra o Parnahyba pela suposta escalação irregular do atacante Felipe Garcês. No documento protocolado no órgão, a informação é de que o atleta “não estaria qualificado para participar da competição", por ter apenas 17 anos. O regulamento do campeonato limitou a inscrição de atletas nascidos entre 96 a 99.

O Procurador Geral do TJD-PI pediu a condenação do Parnahyba baseado no Artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) que afirma: Incluir na equipe, ou fazer constar da súmula ou documento equivalente, atleta em situação irregular para participar de partida, prova ou equivalente. Com esse argumento, o procurador pedi também a perda máxima de pontos do Tubarão atribuídas e uma vitória independente do resultado da partida.  

Além de Felipe Garcês, outros três atletas também atuaram de forma irregular na competição. Rai Lima Peixoto, também do Parnahyba; e Kleison Francisco Soares Sousa e Thiago Gomes da Silva, ambos do Flamengo.

“Não nos abalou em nada”, afirma Jorge Veras sobre derrota diante o River

O 4 de Julho sofreu uma derrota por 3 a 0, mas já estava classificado para a final da Copa Piauí

A equipe do 4 de Julho encerrou o returno da Copa Piauí sub21 com uma derrota por 3 a 0 diante o River, no estádio Lindolfo Monteiro. O time comandado por Jorge Veras fez uma partida bem abaixo das atuações que garantiram a vaga antecipada na final da competição, mas segundo o treinador o resultado não abala o grupo e todos seguem focados na final do torneio, mesmo sem saber ao certo quem será adversário.

O treinador Jorge Veras optou por poupar alguns atletas como o goleiro titular Tom, que tem dois cartões amarelos e deu oportunidade para Luzenilson, que aos olhos do técnico acabou comprometendo o resultado do jogo. “Infelizmente, por infelicidade do nosso goleiro que fez uma apresentação que comprometeu o resultado, mas eu tinha que testar até mesmo para poupar o Tom. Eu entendo que ele estava apenas treinando sem ritmo de jogo esse tipo de coisa pode acontecer”, explica Jorge Veras.

Garantido na final da competição o treinador aguarda a confirmação de contra quem e quando será a partida. Matematicamente o Parnahyba está classificado ao lado do time de Piripiri, mas por conta da denúncia de escalação irregular do jogador Felipe Garcês, de 17 anos, isso pode mudar. Na sexta-feira (6) o procurador da comissão disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí, Fabrício Campelo, decidiu arquivar o processo, mas o River entrou com recurso junto a FFP e agora é aguardado a resposta.

“Saber contra quem será o jogo e quando é importante, pois de acordo com o adversário a estratégia muda até porque o primeiro jogo será fora de casa, mas estamos trabalhando e concentrados em buscar dessa vitoria e por consequência o titulo”, afirmou Jorge Veras. O 4 de Julho se reapresenta as atividades na manhã de hoje (10). 

08 de outubro de 2017

Com superioridade, Sarah vence Troféu Brasil e tem bom retorno a categoria

A piauiense venceu quatro de suas cinco lutas por ippon. A final foi diante a também atleta da seleção Gabriela Chibana

Sarah Menezes retornou ao Troféu Brasil de Judô, que acontece em Minas Gerais, ocupando o mesmo lugar que deixou quando saiu – o primeiro. Após 12 anos, a piauiense voltou a disputar o torneio nacional e subiu ao lugar mais alto do pódio em competição que marca o retorno de Sarah para a categoria ligeiro (-48kg). No total, foram cinco lutas, quatro delas vencidas por ippon, pontuação máxima do judô, e na grande final Sarah derrotou Gabriela Chibana (-48kg) por quatro waza-aris.

Sarah subiu ao lugar mais alto do pódio no Troféu Brasil (FOTO: CBJ)

"Tive uma excelente competição. Fiquei até surpreendida comigo mesma, porque vim de uma descida do 52kg para o 48kg, fiz uma dieta correta. Cheguei bem, me senti bem, leve e rápida na competição. Fiz lutas duras com meninas novas e a minha final foi muito positiva para mim, porque consegui lutar, variei golpes, lutei contra uma atleta forte, a Gabriela Chibana, que também é da seleção e estamos disputando vaga. Agora, pretendo lutar o Brasileiro Sênior em novembro e aguardar os resultados dos exames que fiz com a CBJ para poder retornar ao 48kg”, afirmou a campeã olímpica de Londres 2012 à CBJ.

Na estreia, Sarah Menezes venceu por ippon a atleta Ana Paula Nobre, do Rio Grande do Sul. Também com um ippon Sarah derrotou Rosileide Barrozo, do Mato Grosso do Sul.

Depois disso, a medalhista olímpica eliminou a pernambucana Amanda Lima, e na semifinal da categoria até 48kg superou a carioca Maria Eduarda Gonçalves - as duas foram também foram vencidas pela piauiense por ippon. Na final, Sarah conquistou a medalha de ouro em cima de Gabriela Chibana.

A competição marcou o retorno de Sarah a categoria ligeiro (-48kg) (FOTO: CBJ)

Recentemente, Sarah Menezes passou por uma bateria de exames junto à CBJ, com o objetivo de retornar à Seleção Brasileira e assim poder competir internacionalmente pela categoria ligeiro ainda esse ano. 

O diretor de Alto Rendimento da Seleção, Ney Wilson, destacou em entrevistas a preocupação não somente com a atleta manter o peso da categoria, mas também com a saúde de Sarah e a resposta sobre esse possível retorno deve sair nas próximas semanas.

Até lá, Sarah segue nos treinamentos intensos, e já pensa na disputa do Campeonato Brasileiro Sênior, que acontece nos dias 11 e 12 de novembro, em Lauro de Freitas (BA). A prata do Troféu Brasil ficou com Gabriela Chibana e os bronzes com Larissa Farias (RJ) e Bianca Lara (MG). 

06 de outubro de 2017

Com Sarah, piauienses disputam Troféu Brasil de judô

A competição vai ter Sarah Menezes, Emerson Silva e Lucas Ramos representando o estado.

Os piauienses embarcaram para mais um desafio nos tatames. Neste fim de semana acontece o Troféu Brasil de judô, em Minas Gerais e três piauienses irão disputar a competição; Sarah Menezes (-48kg), Lucas Ramos (-60kg) e Emerson Silva (-55kg). As baixas serão Francinaldo Segundo (+100kg), que se recupera de uma lesão nas costelas e Stanley Torres (-73kg) com problemas nas passagens de avião.

Para a judoca Sarah Menezes essa será a primeira competição na categoria ligeiro até 48kg, após a transição para a meio-leve (-52kg) e é um torneio que marca o retorno da atleta para categoria que a sagrou campeã olímpica em Londres – 12. “As expectativas são sempre boas e vou dar meu melhor, não olhei chave nem nada, mas deve ter algumas meninas jovens e outras que provavelmente já conheço”, disse Sarah.

Sarah Menezes vai disputar o Troféu Brasil em Minas (FOTO: Jailson Soares)

Outro nome que vai representar o Piauí é Emerson Silva, na categoria ligeiro, uma acima de sua original. O atleta é original da categoria superligeiro (-50kg) e vive um bom momento nos tatames. O judoca recentemente disputou a Copa Sogipa, no Rio Grande do Sul, e voltou com uma prata e ouro nas disputas pelo sub 18 e sub 21. No Brasileiro sub 18, foi o único atleta do estado a subir ao pódio conquistando um bronze.

“Emerson é um garoto que vai uma categoria acima da sua original, mas vive um bom momento, está confiante e motivado com os seus resultados e mesmo em outra categoria pode surpreender. Esperamos que faça uma graça e volte com medalha”, afirmou o treinador Fabieldo Torres.

Lucas Ramos é um nome que morou no Piauí por alguns anos e segue filiada a federação piauiense, no começo desse ano o atleta voltou para o seu estado natal Amapá. Apesar disso, segue treinando forte por lá e é uma aposta do treinador Expedito Falcão. “É um garoto forte que passou uma temporada aqui em Teresina. Lutou bem o regional em que foi vice-campeão sênior, foi medalhista nacional então já tem uma experiência”, destacou o técnico.

Baixas

Outro nome que deveria subir aos tatames pelo estado era o Stanley Torres (-73kg), mas por conta de problemas com as passagens o atleta fica de fora da competição. Stanley foi único piauiense medalhista do Troféu Brasil em 2016 quando conquistou um bronze. As passagens do judoca seriam liberadas pela Fundespi, mas o órgão teve problemas por ter utilizado toda a cota com passagens áreas para levar os atletas do estado aos Jogos Escolares da Juventude, que aconteceram em Curitiba, Paraná.

De fora, Stanley Torres foi o único nome que medalhou pelo estado no Troféu em 2016 (FOTO: Jailson Soares)

Francinaldo Segundo (+100kg) se machucou na disputa da Copa Ajef, no final de setembro. Na disputa da categoria absoluta o judoca caiu de mau jeito e fraturou duas costelas. O atleta passou por uma mudança drástica de peso saindo dos quase 180kg e que agora pesa 114kg passa por adaptações no seu estilo de luta e deve voltar aos tatames somente para disputar o Campeonato Brasileiro Sênior, em novembro. 

05 de outubro de 2017

Após nova convocação, Valéria diz; “ Buscar vaga no Sul-Americano”

A piauiense foi convocada novamente para Seleção Brasileira Sub20 de Futebol

Mais uma vez a piauiense Valéria, de 18 anos, foi convocada para a Seleção Brasileira de Futebol Feminino Sub20. As atletas se apresentam ao treinador Doriva Bueno no dia 15 de outubro e ficam na Granja Comary, em Teresopolis (RJ) para treinamentos que acontecem entre os dias 16 e 26 de outubro para amistosos pensando na disputa do Sul-Americano da modalidade que garante vaga para Copa do Mundo.

Valéria vai participar dos treinamentos que acontecem entre os dias 16 e 26 de outubro (FOTO:Elias Fontenele)

Essa é a segunda convocação da Piauiense. A primeira foi no dia 16 de agosto e meses depois a atacante foi lembrada novamente. Para Valéria é mais uma oportunidade que se abre e o objetivo agora é estar entre as convocadas para o Sul-Americano. “Estava muito ansiosa esperando a lista das 24 jogadoras, mas graças a Deus meu nome estava lá novamente e agora é trabalhar e focar em conseguir vestir a camisa da Seleção Brasileira no Sul-Americano de 2018. Essa é a segunda convocação, mas a sensação é que sempre será a primeira”, afirmou Valéria.

Natural de União, cidade que fica a 65km de Teresina a atacante segue sua rotina normal até o dia da viagem para se integrar a Seleção Brasileira. No momento, vestindo a camisa do Tiradentes a atleta disputa a Copa Batom, uma das poucas competições voltada ao futebol feminino do estado e faz hoje (5) contra o Juventude, de Timon seu último jogo antes de viajar. “Estando aqui no Tiradentes quero sempre poder ajudar e marcar gols né? espero deixar pelo menos dois gols hoje”, brinca a jogadora.

O treinador do Tiradentes, Toinho, fala sobre a importância de ter atletas na Seleção Brasileira em sua equipe, já que além de Valéria a zagueira Amanda, que estava no XV de Piracicaba e agora veste a camisa das Tigresas também foi convocada. “Ao ser convocada uma jogadora do Piauí, do Tiradentes, isso engrandece o futebol piauiense que essas garotas todas fazem parte e buscam o devido reconhecimento”, disse Toinho.

04 de outubro de 2017

Warton afirma que treinador está fechado; Nome de Waldemar Lemos ganha força

"O nome já está acertado e será anunciado dia 20", disse o presidente do Altos

A equipe do Altos deve encerrar o mistério em torno do novo comandante para temporada 2018 nos próximos dias. O presidente do Jacaré, Warton Lacerda, afirmou que a contratação já foi feita, mas prefere manter o nome em sigilo, pois alguns detalhes estão sendo negociados. A intenção é anunciar o nome até o dia 20 de outubro com a apresentação do técnico na cidade de Altos e a reapresentação do elenco deve acontecer no dia 12 de dezembro. O nome que ganhou força é o de Waldemar Lemos, que passou pelo futebol do Piauí esse ano quando comandou o River no inicio do ano.

“É uma possibilidade (Waldemar). Mas prefiro divulgar quando estiver tudo fechado. Já está acertado, mas eu não posso divulgar ainda”, disse Warton.

Warton afirmou que o treinador do Altos para 2018 está fechado (FOTO: Luís Junior)

Warton precisou mudar o perfil que havia traçado há alguns meses principalmente devido a parte financeira . Entre os possíveis, o nome de Waldemar Lemos, ganhou força. O treinador de 63 anos passou pelo futebol piauiense na temporada 2017, quando comandou o River, na disputa do Campeonato Piauiense e início de Copa do Nordeste. O currículo de Waldemar se encaixa nas características dadas pelo presidente Warton Lacerda.

“Infelizmente nem sempre as coisas são como a gente quer que seja e sim como elas são. Então a gente tem limite financeiro, mas o treinador é um treinador vencedor que já esteve em Série A e B e até mesmo no futebol internacional, passou pelo futebol piauiense recentemente e conhece Copa do Nordeste então é o ideal nesse momento”, conta o cartola.

Waldemar já comandou a equipe do Flamengo, do Rio de Janeiro em duas oportunidades. O treinador esteve no futebol piauiense no começo desse ano e acabou sendo demitido após seis jogos devido a problemas com atletas e diretoria. Ainda na temporada 2017, Waldemar Lemos passou pelo Anápolis, de Goiás e também o Náutico (PE). O Altos tem no calendário 2018 a disputa da Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série D do Brasileiro. A reapresentação do elenco deve acontecer no dia 12 de dezembro. 

CAIC se prepara para disputar Liga Nacional em São Luís

Após vice-campeonato Brasileiro Júnior a equipe disputa a Liga Nacioanal, em São Lúis

Após o vice-campeonato Brasileiro Júnior conquistado no último fim de semana em Anápolis, Goiás, os atletas do CAIC/Hollanda/GHC não tiveram tempo de descanso e já voltaram às quadras para treinamentos. O motivo é a disputa da 2ª Etapa da Liga Nacional – Fase Nordeste, que acontece de sexta-feira (6) até domingo (8), em São Luís, no Maranhão.

CAIC vai disputar a 2ª etapa da Liga Nacional em São Luís (FOTO: Jailson Soares/Odia)

Os atletas chegaram de viagem às sete horas da manhã da segunda-feira (2) e doze horas depois, às sete da noite, estavam na quadra do CT Giuliano Ramos treinando para a disputa da Liga Nacional. Metade do elenco que esteva em Goiás disputa o torneio com o objetivo de conquistar o primeiro lugar. “Cansados, mas não podemos parar, é preciso dar continuidade. Temos atletas que irão para o Sul-Americano agora e temos também a Liga agora então temos que acertar os detalhes de alguns erros táticos”, disse Giuliano Ramos.

O objetivo é se classificar em primeiro lugar. Na 1ª etapa os piauienses encerram a competição em segundo lugar, pois de três jogos venceram dois e perderam um. A derrota foi para o Moto Club (MA) por um gol de diferença. Nessa 2ª etapa os adversários se repetem, mas o time do CAIC quer voltar com o primeiro lugar.

Treinador Giuliano Ramos (FOTO: Jailson Soares/Odia)

“Na primeira fase a gente não se deu no jogo de estreia e perdemos para a equipe do Moto Club, nos recompomos e conseguimos ganhar as outras duas partidas, nós vamos enfrentar novamente os mesmos adversários e esperamos voltar de lá com o primeiro lugar dessa vez que acabou escapando no detalhe”, conta o armador esquerdo Caíque, de 18 anos.

A Liga Nacional – Fase Nordeste tem início na sexta-feira (6) e vai até o domingo (8), acontece em São Luís, no Maranhão. Além do CAIC/Holanda/GHC, Moto Club, Audax, ambos do Maranhão e Morada Nova, do Ceará, estão na chave. 

03 de outubro de 2017

Atacante do Tiradentes é convocada para Seleção Brasileira

Valéria foi convocada pelo treinador Doriva Bueno para Seleção Sub20 e se apresenta dia 15 de outubro.

O técnico da Seleção Brasileira Feminina Sub-20, Doriva Bueno, convocou 24 jogadoras para mais uma etapa de treinamentos na Granja Comary, em Teresópolis (RJ). Mais uma vez a piauiense Valéria, de 18 anos, que veste a camisa do Tiradentes (PI) foi lembrada e irá participar dos treinos.

Valéria participa de treinos junto Seleção Sub 20 (FOTO: CBF)

Essa é a segunda convocação da atacante piauiense, natural de União, cidade que fica a 65km de Teresina. Valéria chamou atenção dos olheiros da Seleção Brasileira depois de disputar o Campeonato Brasileiro Feminino Série A2, em que o Amarelão da PM, chegou até semifinal e teve a atacante como artilheira com 10 gols marcados.

Para a Valéria uma palavra descreve essa nova oportunidade. “É muita alegria, agora só agradecer e trabalhar”, disse a jogadora. A delegação vai ficar concentrada de 16 a 26 de outubro visando à preparação para o Campeonato Sul-Americano 2018, competição classificatória para a Copa do Mundo.

Confira a lista

Goleiras

Stefane - Team Chicago Brasil/RJ

Kemelli - 3 B Sport/AM

Jully - Kindermann/SC

Laterais

Isabela Fernandes - Ponte Preta/SP 

Monalisa - Iranduba F.C/AM

Francisca - E.C Xv de Piracicaba/SP

Thais Reis - University of North Florida/USA

Zagueiras

Ingryd - 3 B Sport/AM

Amanda - Xv de Piracicaba/SP

Thais Regina - 3 B Sport/SP

Tainara - Vitória/BA

Ariane - Grêmio/RS

Volantes

Angelina - Santos/SP

Juliana - Ferroviária/SP

Andressa - Minas Brasília/DF

Luana - Ferroviária/A /SP

Meio-campo

Karla Karolina - Santos/SP

Larissa - Foz Cataratas/PR

Victória Albuquerque - Minas Brasília/DF

Carmel - Philips High School/USA

Atacantes

Brenda - 3 B Sport/AM

Luana - Chapecoense/SC

Geyse - Madrid CFF/Espanha

Valeria - Tiradentes/PI

MMA: Fabricio ‘Negão’ volta ao Jungle Fight com vitória

O piaueinse venceu na edição 92 do Jungle o atleta Marcus ‘Sanatório’ por votação unanime dos jurados

O piauiense Fabricio Jonas ‘Negão’ voltou a vencer uma luta de MMA. No último sábado (30) o lutador participou da Edição número 92 do Jungle Fight, que aconteceu em Minas Gerais e saiu do octógono vitorioso após derrotar o mineiro Marcus Tchaco ‘Sanatório’ por decisão unanime dos jurados. Negão voltou a anotar vitorias no cartel depois de alguns meses e o resultado abre as portas para o atleta se manter no Jungle.

Fabricio 'Negão' saiu do octogono vencedor (FOTO: Arquivo Pessoal) 

O lutador piauiense segue em Minas Gerais até o final do mês. De acordo com seu treinador, Major Luiz Oliveira, do Projeto Social QG da Luta, local onde Fabricio treina quando está em Teresina o resultado foi importante para que os organizadores do evento voltem a enxergar o piauiense.

“Fabricio vinha de uma derrota e no MMA o resultado negativo pesa muito. Inclusive ele perdeu para o atleta que na mesma noite disputou o cinturão na categoria peso pena, na época ‘Negão’ estava a um passo de disputar o cinturão. Agora os organizadores podem ver ele com outros olhos e assim dar mais oportunidade de que ele lute com maior frequência nos eventos”, explica Major Luiz.

A última luta de Fabricio ‘Negão’ foi no mês de julho, quando foi derrotado por Felipe Cabocão. Na edição número 92 do Jungle, no sábado (30) Felipe disputou o cinturão da categoria peso pena e foi derrotado por Caio Gregório. Com a possibilidade de abertura do Ginásio Verdão, no mês de outubro a próxima edição do Jungle Fight pode acontecer na capital. 

“Caso realmente seja confirmada essa edição em Teresina Fabricio será a luta principal da noite”, declarou Major Luiz Oliveira.

02 de outubro de 2017

Auxiliar do Parnahyba minimiza derrota e espera final difícil contra 4 de Julho

Já classificado, o Parnahyba perdeu para o River por 2 a 0. O time agora encara o Colorado na final da Copa Piauí

O Parnahyba saiu de campo com uma derrota por 2 a 0 para o River no último sábado (30), mas o resultado em nada influenciou na campanha do time que já estava classificado até a final da Copa Piauí sub21. Sob o comando do auxiliar técnico Luciano, o time sofreu uma derrota que quebrou a sequência de bons resultados do time Azulino, mas agora o time vai ter tempo para corrigir os erros e até a final contra o 4 de Julho.

Parnahyba perdeu para o River no sábado (30), mas já estava com vaga na final da Copa Piauí (FOTO: Victor Costa)

“Temos onze dias para trabalhar, recuperar o grupo já pensando no nosso adversário. Entramos na competição pensando em conquistar o titulo e garantir a vaga na Série D então respeitando o 4 de Julho vamos fazer valer a força dessa camisa”, declarou Luciano.

A derrota na última rodada da Copa Piauí sub21 quebra a sequencia de três jogos sem perder do Tubarão. O time entrou em campo sem alguns de seus titulares por precaução da comissão técnica, pois muitos estão pendurados pela quantidade de cartões amarelos. Apesar da derrota, o auxiliar afirma que o time está focado no objetivo da competição que é ser campeão e garantir a vaga na Série D 2018.

“Queríamos a primeira colocação e dentro das nossas possibilidades a gente tentou, mas precisamos poupar alguns jogadores exatamente por já estarmos na final. Apesar disso, colocamos um time forte em campo que teve chance de conseguir o bom resultado, mas criamos e não conseguimos aproveitar”, disse Luciano.

Luciano comandou o time do Litoral porque o treinador Beto precisou se afastar alguns dias para resolver problemas pessoais em Alagoas. O 4 de Julho é o líder da competição com a mesma pontuação do Tubarão, 14 pontos e a diferença está no saldo de gols. O primeiro jogo deve ser em Parnaíba e a grande final em na cidade de Piripiri. Isso só muda, caso, o 4 de Julho perca para o River por cinco gols de diferença, no domingo (7) em partida que encerra o returno. 

01 de outubro de 2017

Lucas lamenta eliminação e afirma; "Resultado não acompanhou o trabalho"

O River venceu o Parnahyba, mas não tem chances de está na final da Copa Piauí sub21.

O River venceu o Parnahyba por 2 a 0 no sábado (30), mas mesmo assim não tem mais chances de chegar até a final da Copa Piauí sub21, competição que dá ao campeão uma vaga na Série D do Brasileiro 2018. O Galo precisava vencer e torcer por uma vitoria do Piauí em cima do 4 de Julho, o que não aconteceu. Com isso, o River apenas cumpre tabela na última rodada diante o 4 de Julho, que ao lado do Parnahyba irão fazer a final da competição.

Lucas Andrade acredita que a responsabilidade ficou para os atletas mais jovens e isso pesou (FOTO: Victor Costa)

O final foi longe do esperado pelos atletas do River e muito menos para o treinador Lucas Andrade, que via a Copa Piauí como uma forma de salvar a temporada para o Tricolor Piauiense. Lucas Andrade acompanhou todo o drama do River na temporada 2017, em que o time ficou pelo caminho no Estadual e também na Série D. Depois de muitos anos, o River volta a ter somente o Campeonato Piauiense no calendário.

“A gente lamenta o fato de depender de outra situação, chegamos a esse ponto durante a competição e nessa rodada dependíamos de outro resultado. Sabemos do sentimento de todos, pois era um projeto buscar essa vaga (na Série D), nos trabalhamos muito para que os resultados acompanhassem os trabalhos do dia a dia e a gente lamenta, lamenta muito e ficou como o ano última coisa para salvar o calendário”, explicou Lucas.

O River venceu o Parnahyba por 2 a 0 (FOTO: Victor Costa)

Lucas Andrade comandou o River nas últimas rodadas da Série D do Brasileiro 2017 em que o time iniciou a competição com duas derrotas. O treinador Celso Teixeira foi demitido e Lucas Andrade, até então auxiliar técnico, assumiu a equipe na competição nacional e conseguiu uma reação do elenco chegando ter três vitórias consecutivas, mas na ultima rodada o River foi derrotado pelo Guarani de Sobral e eliminado da Série D na fase de grupos.

Sem bons resultados do profissional a responsabilidade do time sub21 ficou maior e segundo treinador isso pesou na cabeça dos atletas. “Quando a gente começou esse trabalho vínhamos de um descenso da Série C no qual ali era o calendário do River. Isso trouxe essa pressão e aconteceu no Estadual de sermos eliminados também, logo depois veio a Série D em que ter dois acessos seguidos é difícil e acabou ficando a responsabilidade maior para um time sub21”, frisou Lucas Andrade.

O River volta a campo no próximo sábado (7) apenas cumprindo tabela quando encara o 4 de Julho, no Lindolfo Monteiro. O Galo fecha a temporada sem vaga nas competições nacionais e tem no calendário somente a disputa do Campeonato Estadual 2018. 

29 de setembro de 2017

Com rachão, River encerra treinos pensando em jogo diante Parnahyba

O jogo acontece neste sábado (30), às 17h, no Lindolfo. O River precisa vencer para seguir vivo na competição

O River volta a campo neste sábado (30) para enfrentar o Parnahyba, às 17h, no estádio Lindolfo Monteiro. Só a vitória interessa para o Galo, que atualmente ocupa o terceiro lugar na tabela da Copa Piauí, com sete pontos, atrás do líder e já classificado para final Parnahyba, e do vice-líder 4 de Julho, com 11 pontos. O River precisa vencer e torcer por uma vitória do Piauí em cima do 4 de Julho, em Piripiri.

River encara o Parnahyba amanhã pela Copa Piauí (FOTO: Victor Costa/RiverAc)

Dependendo de combinação de resultados o treinador Lucas Andrade fala sobre a importância dessa rodada. ‘Eles já estão classificados, mérito deles, mas nos temos nossos objetivos aqui dentro se os resultados se igualam aos trabalhos que tem sido feito aqui dentro com certeza nós estaríamos em outra situação. Aconteceriam esses fatos inesperados, mas não ficamos aqui lamentando, mas não baixamos a cabeça’, afirmou Lucas Andrade.

As situações adversas são muitas. O time enfrenta um adversário que vem de três vitorias e já classificado. Precisa de um resultado favorável para o Parnahyba e controlar o emocional por não depender somente de si, mas segundo os atletas o foco está dentro de campo.

O Galo entra em campo com a obrigação de vencer para seguir vivo na competição (FOTO: Victor Costa/RiverAC)

‘Sabemos que se o Piauí vencer o 4 de Julho e a gente não ganhar nossa partida aqui não adianta em nada. Nosso foco total tem que estar dentro de campo e em conseguir vencer esse jogo e depois pensar na última rodada, com fé, ainda vivos na competição’, disse o meia Gláucio.

O River deve vir com algumas alterações no time titular, mas o treinador Lucas Andrade não quis confirmar os nomes. Uma das possibilidades é o retorno do atacante Gleydisson entre os onze, no lugar que era de Luan. A única baixa será o volante Pety, expulso no último jogo. A partida entre River e Parnahyba acontece amanhã (30), às 17h, no estádio Lindolfo Monteiro. 

Após vistoria, laudo de liberação do Albertão deve sair até segunda

Depois de quase um ano fechado o estádio Albertão pode ser reaberto para o público de até cinco mil pessoas

A Fundação de Esportes do Piauí (Fundespi) pediu ao Corpo de Bombeiros uma nova avaliação no Estádio Alberto Tavares, o Albertão, nesta quinta-feira (28). A intenção é que depois de um ano fechado o local volte a receber o publico com uma capacidade mínima de cinco mil torcedores. De acordo com o Major Veloso, porta voz dos bombeiros, a vistoria foi realizada e até segunda-feira (28) será definido se pode ser liberado o setor das arquibancadas.

O Estádio passou por nova vistoria na quinta-feira (28) (FOTO: Jailson Soares)

“A vistoria foi realizada em cima do projeto que foi proposto e depois dessa vistoria vamos definir se iremos ou não dar essa autorização parcial do setor que está sendo pedido. o setor em questão tem capacidade para dez mil pessoas, mas eles estão pedindo a metade disso”, explicou Major Veloso.

Entre as obrigatoriedades a serem cumpridas para o Corpo de Bombeiros liberarem o laudo e seguir o que é exigido pelo Estatuto do Torcedor está às saídas de emergência, extintores de incêndio, luminárias de emergência e faixas sinalizadoras.

O Albertão está fechado para torcedores desde agosto de 2016. A última partida foi pelo Campeonato Brasileiro Série C entre River x Botafogo (PB). Em 2017, o estádio recebeu apenas um jogo do Campeonato Piauiense, no dia 29 de abril, entre Flamengo e Parnahyba, mas sem a presença da torcida, com os portões fechados. 

CAIC avança para semifinais do Campeonato Brasileiro Junior de handebol

A equipe tem três vitorias na competição e hoje (29) disputa a semifinal diante o Sport, de Recife

A equipe do CAIC/Holanda/GHC/Codó anotou três vitorias na fase de grupos do Campeonato Brasileiro Júnior de Handebol, que acontece em Anápolis, Goiás. Na noite de ontem (28) os atletas venceram a equipe do Rio de Janeiro por 26 a 23 e chegaram à terceira vitoria consecutiva na competição garantindo a classificação para as semifinais em primeiro lugar do Grupo B.

CAIC/Holanda/GHC/Codó encara o Sport (PE) na semifinal do Brasileiro Júnior (FOTO: Arquivo Pessoal)

“Jogo muito bom, muito disputado do inicio ao fim e sempre um placar baixo e nos ganhamos no detalhe final”, disse Giuliano Ramos.

Na primeira rodada os piauienses passaram pela equipe de Trindade (GO) com o placar de 31 x 25, e logo em seguida venceram sem dificuldades o Nova Caxias (GO) por 41 a 25.  O último jogo da fase de grupos foi diante a equipe do Rio de Janeiro em que saíram de quadra com vitoria apertado de 26 a 23.

Hoje (29) os piauienses voltam às quadras para disputa da semifinal que será contra o Sport (PE) duelo que promete, pois são duas das principais forças do handebol nordestino atualmente. A partida será no ginásio Newton Faria, em Anápolis, Goiás. A competição nacional vai conhecer seu campeão no sábado (30). Além dos piauienses e a equipe do Sport (PE) o time do Rio de Janeiro e o Univalle (SC) ainda seguem na disputa.